protesto Sudão: Milhares protestam por saída de junta militar

Por: AE

Publicado em: 16/04/2019 08:41 Atualizado em:

Foto: AFP
Foto: AFP
Os dirigentes militares do Sudão estão sob pressão dos países ocidentais e dos manifestantes para ceder o poder a um governo civil, no 10º dia dos protestos.

Milhares de pessoas continuam acampadas na frente do complexo militar de Cartum protestando pela transição.

O presidente do Sudão, Omar al-Bashir, que ocupou o poder por 30 anos, foi deposto e substituído por uma junta militar, que não deu prazo para a sucessão. (Com agências internacionais)


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.