religião Igreja católica japonesa investigará casos de abusos sexuais

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 09/04/2019 09:08 Atualizado em: 09/04/2019 09:13

Foto: Kazuhiro Nogi/AFP
Foto: Kazuhiro Nogi/AFP
A Igreja católica do Japão anunciou que fará uma investigação interna sobre acusações de abuso sexual de menores por membros do clero. O comitê permanente da conferência episcopal do Japão decidiu, na semana passada, fazer uma investigação nas 16 dioceses do arquipélago, disse à AFP um porta-voz dessa instância.

No Japão, que receberá a visita do papa Francisco em novembro deste ano, a Igreja católica conta com cerca de 450.000 pessoas. Esta é a primeira visita de um papa em quase 40 anos. A última foi a de João Paulo II em 1981.

As investigações realizadas em 2002 e 2012 revelaram pelo menos cinco casos de pedofilia na Igreja católica japonesa.

A nova investigação vai examinar a forma como os bispos trataram esses cinco casos e, em particular, "que sanções foram aplicadas aos envolvidos e a resposta que foi dada às vítimas", afirmou o porta-voz.

Em uma segunda etapa está previsto investigar novas acusações, indicou a fonte.

No domingo, várias pessoas que afirmam terem sofrido abusos sexuais por parte de integrantes do clero se reuniram em Tóquio.

O arcebispo de Nagasaki (sudoeste), Joseph Mitsuaki Takami, assistiu à reunião e pediu perdão por não ter "conseguido fazer mais" para revelar e resolver esses casos, segundo o jornal japonês Mainichi Shimbun.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.