Ameaça Trudeau alerta sobre risco de ingerência russa em legislativas do Canadá

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 05/04/2019 20:58 Atualizado em:

Foto: Reprodução/Facebook (Foto: Reprodução/Facebook)
Foto: Reprodução/Facebook
O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, advertiu nesta sexta-feira (5) sobre o risco de ingerência da Rússia nas eleições legislativas previstas para este outono no Canadá.

"Nos últimos anos assistimos a um aumento da ingerência ou de envolvimento de atores estrangeiros nos processos democráticos. Vimos claramente que países como a Rússia se encontram na origem de várias campanhas polarizadoras, de várias redes sociais polarizadas...", declarou Trudeau em uma coletiva de imprensa em Toronto.
 
"As eleições realizadas em seis meses serão decididas pelos canadenses", ressaltou. "Vamos trabalhar intensamente com os serviços de inteligência e nossos aliados do mundo inteiro para que nossas democracias se mantenham fortes", indicou.

O premiê canadense fazia eco, assim, das declarações de sua ministra das Relações Exteriores, Chrystia Freeland, que considerou "muito provável" uma ingerência estrangeira nas próximas eleições canadenses.

"Estamos muito preocupados. Acreditamos que a ingerência é muito possível e acreditamos que atores estrangeiros mal intencionados provavelmente já implementaram seus esforços para perturbar nossa democracia", declarou nesta sexta-feira Freeland, à margem de uma reunião de ministros das Relações Exteriores do G7 na França.

Diante de tais riscos, Ottawa anunciou, no fim de janeiro, a implementação de um grupo de trabalho sobre as ameaças que pesam sobre as eleições, segundo o governo, para "impedir que atividades secretas, clandestinas ou criminosas influenciem ou interfiram no processo eleitoral do Canadá".


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.