Análise Chanceler espanhol considera situação do Brexit 'cômica'

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 01/04/2019 22:12 Atualizado em:

O ministro das Relações Exteriores espanhol, Josep Borrell, considerou "cômica" a situação em torno do Brexit, que não se concretiza, e pediu aos ingleses que digam logo o que eles querem.

Cerca de 52% dos britânicos votaram para sair da União Europeia em 2016, um passo que deveria ter sido resolvido no dia 29 de março. Entretanto, a duas semanas do novo limite imposto por Bruxelas, em 12 de abril, o Parlamento britânico fracassou novamente nesta segunda-feira (1) em chegar a um acordo.

"Estamos diante de uma situação cômica", disse Borrell durante uma coletiva no Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais (CSIS), um influente 'think tank' em Washington.

"Se eu fosse cidadão britânico, eu gostaria de perguntar à minha classe política como é que ainda tenho que votar para escolher representantes em uma instituição à qual decidi deixar", acrescentou, sobre a possibilidade de que o Reino Unido participe nas eleições europeias em maio.

Borrell insistiu que os britânicos devem resolver o que desejam fazer e que a Espanha é contra um Brexit "duro". 

"Sabemos muito bem o que não querem, mas ainda não sabemos o que querem", disse. "Nunca teremos certeza sobre o que os britânicos farão", acrescentou sobre a possibilidade de Londres pedir uma nova prorrogação a Bruxelas.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.