austrália Australiano ganha R$ 126 milhões na loteria 'por engano'

Por: Liliane Corrêa - Estado de Minas

Publicado em: 27/03/2019 10:32 Atualizado em:

Bilhete de aposta na loteria em que o australiano jogou e ganhou duas vezes. Foto: Reprodução/Internet
Bilhete de aposta na loteria em que o australiano jogou e ganhou duas vezes. Foto: Reprodução/Internet
Um australiano de St Albans, em Melbourne, acertou na loteria os números que jogava sempre, há mais de 30 anos. Duas vezes! Isso porque, sem querer, ele marcou e comprou dois bilhetes iguais, em casas lotéricas diferentes. "Estou sem palavras. Não acredito nisso", disse o homem aos agentes que o informaram sobre a sorte grande, segundo relato do jornal britânico The Guardian.

Marcando os mesmos números há 30 anos, ele simplesmente se esqueceu de que já havia apostado no concurso e acabou apostando outra vez. "Jogo toda semana. Sempre faço minha aposta nesses números, que não representavam nada em especial (data de nascimento, idade ou endereço). Agora, sim, esses números são muito especiais para mim", disse. 

O felizardo disse que "ficou maluco" ao perceber a inusitada sorte e que pretende dividir o prêmio com familiares, mas precisa pensar com calma no que vai fazer com o dinheiro. "Devo me aposentar. Mas, antes, uma casa nova e umas belas férias!"

MENSAGEIRO
O porta-voz da loteria Oz Lotto, Bronwyn Spence, disse que, quando entrou em contato com o vencedor, para avisar que ele havia acertado os números e recebido o prémio equivalente a R$ 63 milhões, ele estava "completamente fora de si, pois havia acabado de perceber que tinha dois bilhetes idênticos e premiados".

Ao longo dos 30 anos em que apostou os mesmos números, o milionário estima ter gastado, na o equivalente a R$ 82 mil na loteria, valor irrisório perto do prêmio conquistado na dupla sorte.

O sorteio teve outro felizardo, que, no entanto, ainda não havia sido localizado pela Oz Lotto até a noite dessa terça-feira (26).


TAGS: loteria engano

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.