Tragédia Número de mortes provocadas por ciclone em Moçambique supera 400

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 23/03/2019 10:46 Atualizado em:

AFP/Getty Images
AFP/Getty Images
 
O balanço do ciclone que devastou Moçambique na semana passada superou 400 mortes, anunciou neste sábado o ministro do Meio Ambiente moçambicano, Celso Correia, que também calculou que a região afetada pelo desastre alcança uma superfície de 3.000 quilômetros quadrados.

"Até o momento tempos 417 mortos e 1.528 feridos", afirmou Celso Correia em Beira, a segunda maior cidade do país, parcialmente devastada na passagem do ciclone Idai.

O balanço anterior em Moçambique citava 293 mortos.

No total, o Idai, que provocou grandes inundações e deslizamentos de terra em Moçambique e no vizinho Zimbábue, deixou pelo menos 676 mortos nos dois países.

"É um desastre natural sem precedentes. A zona afetada (em Moçambique) é de 3.000 quilômetros quadrados. Um desastre que equivale a grandes catástrofes", afirmou Celso Correia.

"Infelizmente, ninguém na região e no mundo consegue prever um desastre de tal magnitude", completou.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.