• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Saúde Doença de Chagas deixa cinco mortos no oeste da Venezuela O médico Ely Toubia explicou que a doença de Chagas aguda pode ser transmitida de várias maneiras

Por: AE

Publicado em: 09/04/2018 07:22 Atualizado em:

Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet

Cinco pessoas morreram na cidade de Puerto Nuevo, no estado de Táchira, oeste da Venezuela, por uma suposto surto da "doença de Chagas aguda", informou a governadora da região, Laidy Gómez. "A informação oficial: surto epidemiológico de chagas agudo detectado em Puerto Nuevo, município Libertador, deixa cinco mortos", escreveu a governadora no Twitter.

Os falecidos são um bebê de 11 meses, uma mulher de 79 anos e três homens de 31, 42 e 51 anos. Gómez anunciou a ativação de um plano especial na região para tratar o surto.

O médico Ely Toubia explicou que a doença de Chagas aguda pode ser transmitida de várias maneiras: as duas mais comuns são a picada do barbeiro (inseto), que transmite o parasita (Trypanosoma cruzi), ou pelos excrementos do inseto em frutas.

Em sua etapa inicial (aguda), os sintomas da infecção podem ser confundidos com os de uma gripe comum, mas o parasita permanece alojado no corpo por longos períodos, por até 30 anos, provocando um grave dano ao coração que pode inclusive provocar a morte. Também pode provocar danos no esôfago e no intestino grosso, além de gerar severos transtornos digestivos.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.