• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
World Press Photo Foto de casal gay na Rússia ganha maior prêmio do fotojornalismo Quase 100 mil imagens de mais de 5,6 mil fotógrafos foram inscritas no prêmio

Por: Victor Germano

Publicado em: 12/02/2015 12:08 Atualizado em: 12/02/2015 14:07

A foto mostra Jon, 21 anos, e Alex, 25 anos. Ser gay na Rússia tem se tornado cada vez mais difícil. Foto: Mads Nissen
A foto mostra Jon, 21 anos, e Alex, 25 anos. Ser gay na Rússia tem se tornado cada vez mais difícil. Foto: Mads Nissen

O dinamarquês Mads Nissen foi agraciado nesta quinta-feira com o World Press Photo 2015, o maior prêmio do fotojornalismo mundial. A imagem vencedora traz um casal homossexual em um quarto em São Petersburgo, na Rússia. A foto foi tirada em 2014 e fez parte de uma reportagem sobre homofobia na Rússia.

Mads foi o grande vencedor da 58ª edição do concurso, que ainda premiou mais 42 fotógrafos, distribuídos em oito categorias. No total, foram analisadas quase 100 mil imagens, enviadas por 5.692 fotógrafos, fotojornalistas e documentaristas de 131 países ao redor do mundo.

O World Press Photo acontece desde 1955, em Amsterdã, e já premiou grandes fotógrafos mundiais como Malcolm W. Browne, Nick Ut e Charlie Cole. Nas últimas edições, os vencedores foram Samuel Aranda, Paul Hansen e a holandesa Carla Kogelman.

Homofobia na Rússia - Segundo a ONG Human Rights Watch, a comunidade homossexual russa sofre agressões constantes, as quais são frequentemente toleradas e até mesmo encorajadas pelas autoridades.

Para se ter uma ideia, em junho de 2013, a Duma Federal (o equivalente russo a Câmara dos Deputados) aprovou uma lei anti-gay que bane "propagandas de relações sexuais não-tradicionais". A lei, basicamente, impede que o movimento LGBT russo promova eventos de orgulho gay no país, vedando até a defesa de que relações homossexuais sejam igualadas a relações heterossexuais.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.