Procon Em combate a fraudes, bancos devem indicar autorizadas de empréstimos

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 14/06/2019 13:41 Atualizado em: 14/06/2019 13:56

As agências bancárias têm 10 dias para apresentar uma lista dos correspondentes autorizados a realizar empréstimos. Em reunião entre os bancos e o Procon, foi proposta a elaboração de uma cartilha com informações para os consumidores que pretendem realizar empréstimos. A medida visa combater as fraudes das empresas de empréstimos.

A reunião foi realizada na manhã desta quinta-feira (13), na Secretaria de Justiça e Direitos Humanos. O secretário da pasta, Pedro Eurico, que presidiu a reunião, foi enfático ao afirma que correspondentes financeiros que estão funcionando de forma ilegal serão fechados. “O Procon tem recebido diversas denúncias de fraudes e irregularidades e não vamos permitir essa prática”, citando o caso de uma financeira que foi fechada na última quarta (12), após aplicar um golpe em um idoso de 79 anos.

SAIBA MAIS

INSS alerta idosos sobre fraudes em crédito consignado

PF investiga fraudes em instituição financeira de Olinda e Caruaru


O gerente de Normas e Autorregulação da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Evandro Zuliani, disse que a instituição contratou uma empresa para investigar as denúncias de compartilhamento de dados pessoais de clientes. “As fraudes não contribuem para o mercado e não compactuamos com essas práticas ilegais”, disse.

Na ocasião, a gerente de fiscalização do Procon-PE, Danyelle Sena, apresentou as ações desenvolvidas pelo órgão, para coibir a prática de ilegal de algumas financeiras. Até o momento foram fiscalizados 119 estabelecimentos; 103 foram notificados e 19 interditados.

Para que aja um acompanhamento das atividades, a cada três meses o mesmo grupo deve se reunir para alinhar informações sobre o assunto. A próxima reunião já ficou pré-marcada para o dia 11 de setembro.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.