Adiamento Vale: Justiça suspende decisão que autorizava retomada de Laranjeiras e Brucutu

Por: Agência Estado

Publicado em: 06/05/2019 21:01 Atualizado em:

Foto: Agência Brasil (Foto: Agência Brasil)
Foto: Agência Brasil
A Vale informa que o Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG) suspendeu decisão da 1ª Vara da Fazenda Pública e Autarquias da Comarca de Belo Horizonte que autorizava a retomada das atividades da barragem Laranjeiras e do complexo minerário de Brucutu.

De acordo com a Vale, "a barragem de Laranjeiras e todas as demais estruturas geotécnicas de suporte à operação de Brucutu possuem declarações de estabilidade positivas e vigentes, emitidas por auditores externos em março de 2019, e que está adotando as medidas cabíveis quanto à referida decisão".

Além disso, a companhia reafirmou seu guidance (sua orientação) de vendas de minério de ferro e pelotas de 307 milhões de toneladas a 332 Mt para este ano e informou que a expectativa atual é de que as vendas fiquem entre o mínimo e o centro da faixa.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.