Literatura Escritor queniano Binyavanga Wainaina morre aos 48 anos

Por: FolhaPress - FolhaPress

Publicado em: 22/05/2019 19:31 Atualizado em:

Foto: Simon Maina/AFP
Foto: Simon Maina/AFP
Binyavanga Wainaina, autor e ativista queniano, morreu nesta quarta-feira (22), aos 48 anos, no Quênia. O presidente da editora que o autor fundou em Nairóbi, Tom Malit, confirmou que ele morreu uma doença repentina, sem especificá-la. No Brasil, Wainaina tem o seu premiado livro Um Dia Vou Escrever Sobre Este Lugar (Kapulana) publicado. Por meio de memórias de sua infância, adolescência e vida adulta, a obra apresenta as transformações de países como Quênia, África do Sul, Uganda e Gana.

O autor foi nomeado pela revista Time como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo, em 2014, por seu ativismo da causa LGBT. Ele era uma das poucas figuras públicas abertamente homossexuais no seu país.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.