Tragédia Avô lamenta morte de neta em deslizamento de pedras no Chile

Por: Agência Estado

Publicado em: 04/06/2019 20:55 Atualizado em:

Foto: Reprodução (Foto: Reprodução)
Foto: Reprodução
Uma tragédia abalou a cidade de Bacabal, que fica a 246 quilômetros de distância de São Luís, no Maranhão. Khalida Trabulsi, de 3 anos, e Isadora Bringel, de 7 anos, morreram após um deslizamento de rochas no Chile. Para Raimundo Lisboa, avô de Khalida, não existem palavras para expressar a perda tão precoce da neta. "A família está abalada. Em estado de choque. Difícil de acreditar", declarou.

De acordo com relato de Raimundo Lisboa, a família esteve toda reunida na quarta-feira (29) antes da viagem para o Chile, para celebrar o seu aniversário, e naquela oportunidade, recebeu carinho da neta, que chegou a preparar um bolo para ele.

"A Khalida estava muito feliz com a viagem, pois ela comentava com os pais, que o sonho dela era pisar na neve", relatou Raimundo Lisboa.

Familiares de Khalida Trabulsi informaram que o velório e enterro da criança devem ocorrer na capital maranhense, no Cemitério do Gavião.

Já Isadora Bringel deve ter seu velório e enterro realizados no município de Bom Lugar (291 km distante de São Luís), porém a informação ainda não foi confirmada.

Raimundo Lisboa viajou nesta terça-feira (4) para Santiago, no Chile, para auxiliar no processo de liberação dos corpos. O avô que é médico, explicou que o trâmite de traslado das garotas de volta ao Maranhão é um pouco demorado e complexo, e os corpos devem chegar em São Luís somente entre a sexta-feira (7) e o sábado (8).

Por conta da morte de Khalida e Isadora, a direção do Colégio Reis Magos, onde elas estudavam, disse em nota que todo o corpo docente está extremamente abalado pela tragédia ocorrida na segunda-feira (3). A instituição decidiu suspender as aulas nesta terça-feira (4).



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.