REPERCUSSÃO Mulher entrega à polícia imagens que mostram 'comportamento alterado' de Neymar

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 03/06/2019 11:34 Atualizado em: 03/06/2019 12:09

Foto: Jacques Demarthon/AFP
Foto: Jacques Demarthon/AFP
A mulher que acusou Neymar de estupro afirma ter documentos e imagens que não constam no Boletim de Ocorrência registrado na polícia. Segundo fontes entrevistadas pelo UOL, as imagens mostrariam o jogador agindo de forma "agressiva" ou "alterada" antes do momento do suposto crime. De acordo com o que a autora da acusação esclareceu à polícia, Neymar estaria visivelmente alterado no dia 15 de maio, em um hotel em Paris, onde teriam ocorrido as relações sexuais sem seu consentimento. 

Em entrevista à TV Bandeirantes, o pai de Neymar diz que seu filho percebeu que estava sendo gravado. "Ele viu que estava filmando e aí pediu para ela ir embora. Ele emitiu a passagem de volta dela", afirmou.

Neymar Pai reconhece a existência dessas imagens e acusa a mulher de ter feito isso por ressentimento à indiferença do jogador. "O ressentimento que ela teve é que o Neymar não deu essa importância e ele tinha que treinar. Ela queria que ele fosse de qualquer jeito. Quando ele vai no segundo dia, ele vê o celular dela e percebe que ela está filmando. Nós sabemos que ela tem uma imagem e seria importante soltar o vídeo. Ela mandou coisas dizendo que tem o vídeo", comenta.

"Ela queria agredir ele... Ele se joga para a cama e tenta acalmar ela e pede para ela ir embora. O Neymar consegue acalmar, sai do hotel e dá a passagem para ela voltar (para o Brasil). Ficou essa confusão, mas sabíamos que isso iria chegar de alguma forma. Ele entra no quarto e tenta gravar a conversa, mas ele erra tudo. Ele sabia que tinha alguém filmando, mas ele erra, põe o celular no bolso. Ela insiste que ia apresentar quatro mulheres para ele", acrescentou Neymar pai.

Sobre a polêmica envolvendo o vídeo postado pelo jogador, onde foram divulgadas fotos íntimas da mulher, seu pai alega ter sido a única opção. "Não tínhamos escolha. Eu prefiro um crime de internet a de estupro. Foi o Instagram que tirou. Pelas regras do Instagram estava normal. Ele preservou a imagem, o nome. Ele precisava se defender rapidamente. É melhor ser verdadeiro e mostrar o que aconteceu. Sabíamos da chantagem, mas não da coragem de fazer um B.O. em cima de uma situação dessas", justifica.

Por causa da exposição das fotos, Neymar passou a ser investigado por vazamento de fotos íntimas. O jogados treinou normalmente ontem, inclusive aparecendo entre os titulares na seleção. O atacante deve jogar o primeiro amistoso preparatório, no próximo dia 5 de junho, contra o Qatar, em Brasília.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.