barragens ONU Brasil lamenta tragédia em Minas Gerais Organização apresentou seu profundo pesar e solidariedade aos familiares das vítimas e se colocou à disposição para apoiar as ações das autoridades brasileiras

Por: Agência Brasil

Publicado em: 26/01/2019 13:13 Atualizado em:

(Foto: REUTERS/Washington Alves/Direitos Reservados)
(Foto: REUTERS/Washington Alves/Direitos Reservados)
A Organização das Nações Unidas (ONU) no Brasil lamentou “as incomensuráveis perdas de vidas e os significativos danos ao meio ambiente e assentamentos humanos”, causados pelo rompimento de uma barragem de rejeitos da mineradora Vale em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais.

A ONU apresentou seu profundo pesar e solidariedade aos familiares das vítimas e se colocou à disposição para apoiar as ações das autoridades brasileiras “na rápida remoção das vítimas e no estabelecimento de condições dignas aos eventuais desabrigados e à população atingida”.

A nota diz ainda que a "rigorosa apuração" dos fatos que levaram a essa tragédia será acompanhada atentamente pelos brasileiros e pela comunidade mundial: “O Sistema ONU no Brasil colaborará com as autoridades e a sociedade civil brasileiras para superar os desafios impostos pelo rompimento da barragem”.

Leia a nota na íntegra:

O Sistema das Nações Unidas (ONU) no Brasil apresenta seu profundo pesar e solidariedade aos familiares das vítimas do rompimento da barragem em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais.

A ONU lamenta as incomensuráveis perdas de vidas e os significativos danos ao meio ambiente e assentamentos humanos. O Sistema ONU está à disposição para apoiar as ações das autoridades brasileiras na rápida remoção das vítimas e no estabelecimento de condições dignas aos eventuais desabrigados e à população atingida. A rigorosa apuração dos fatos que levaram a essa tragédia será acompanhada atentamente pelos brasileiros e pela comunidade mundial.

O Sistema ONU no Brasil colaborará com as autoridades e a sociedade civil brasileiras para superar os desafios impostos pelo rompimento da barragem.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.