Informações Pesquisadores de Harvard acreditam que asteroide misterioso pode ser nave 'alienígena' A hipótese é descrita em artigo dos pesquisadores Abraham Loeb e Shmuel Bialy, do Centro de Astrofísica da Universidade Harvard, nos Estados Unidos.

Por: AE

Publicado em: 06/11/2018 21:22 Atualizado em: 06/11/2018 22:14

Foto: NASA/Reprodução
Foto: NASA/Reprodução
O Oumuamua, misterioso objeto interestelar localizado por um telescópio havaiano no ano passado, pode ter sido enviado por alienígenas ao nosso sistema solar para investigar a Terra. A hipótese é descrita em artigo dos pesquisadores Abraham Loeb e Shmuel Bialy, do Centro de Astrofísica da Universidade Harvard, nos Estados Unidos. As informações são da CNN.

"Oumuamua pode ser uma sonda totalmente operacional enviada intencionalmente para perto da Terra por uma civilização alienígena", diz o estudo, publicado no periódico científico Astrophysical Journal Letters.

A tese é baseada na "aceleração excessiva" ou no aumento inesperado na velocidade do objeto, que percorreu e saiu do sistema solar em janeiro. Uma das hipóteses cogitada pelos pesquisadores é que o material do Oumuamua pode ter origem artificial e que o objeto, o primeiro do tipo a entrar em nosso sistema solar, poderia ser impulsionado pela radiação solar. 

"Considerando uma origem artificial, uma possibilidade é que o Oumuamua é uma vela solar, flutuando no espaço interestelar como resíduo de um equipamento tecnológico avançado", escreveram os pesquisadores.

Origem do Oumuamua
Com um formato de charuto, o Oumuamua é 10 vezes mais comprido do que largo e foi avistado pela primeira vez em outubro de 2017 pelo telescópio Pan-STARRS 1, no Havaí. Desde então, cientistas têm dificuldade para explicar sua origem e características incomuns. 

Segundo a CNN, cientistas já o classificaram como cometa, depois como asteroide, até considerá-lo o primeiro de um novo tipo de "objetos interestelar



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.