Música MC Loma entra na justiça para sair de gravadora paulista: 'Estou desesperada' Após cumprir extensa agenda de shows, pernambucana estuda em escola pública de São Paulo e afirma estar sem dinheiro

Por: Emannuel Bento - Diario de Pernambuco

Publicado em: 10/09/2018 10:58 Atualizado em: 11/09/2018 11:30

Última apresentação da MC em Pernambuco foi na festa Brega Naite. Foto: Thiago Britto/Divulgação
Última apresentação da MC em Pernambuco foi na festa Brega Naite. Foto: Thiago Britto/Divulgação

Afastada dos holofotes depois que passou a estudar em uma escola pública de São Paulo, MC Loma tem feito inúmeras publicações afirmando estar passando por um momento “muito difícil”. A adolescente, representada pela mãe Cláudia Pereira da Silva, está recorrendo à justiça para anular contratos assinados com a Start Music Shows e Eventos Ltda, produtora do funk paulista criada pelo empresário Marcelo Fernandes de Oliveira.

Os advogados de Paloma Roberta Silva Santos, de 15 anos, e Mirella e Mariely Santos da Silva (as Gêmeas Lacração), de 18, pedem a nulidade de documentos assinados a partir do dia 5 de fevereiro deste ano - data em que as meninas passaram a ser gerenciadas pela empresa. O objetivo é que o trio saia da gravadora sem multas rescisórias.

Atualmente, o processo está trâmite na 5ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de São Paulo, que confirmou a existência do documento através da assessoria de imprensa, mas não deu informações extras devido a um decreto de segredo de justiça - ferramenta usada para proteger a intimidade das adolescentes.

O episódio é mais uma controvérsia na relação entre o trio e a produtora. Desde fevereiro, era comum que a cantora tivesse shows cancelados devido à falta de alvará. Em junho, Paloma, aos prantos, foi impedida de entrar na cerimônia do MTV Miaw, realizada em São Paulo, para receber um prêmio na categoria Música do Karaokê. Todos acontecimentos apontavam que havia algo de errado no gerenciamento de sua carreira.

SITUAÇÃO FINANCEIRA
Ao integrar o time de artistas da Start Music, o trio passou a residir em um apartamento na cidade de São Paulo sob cuidados de Ricardo Bezerra, um tio da MC. Desde então, lançaram nove faixas que, juntas, acumulam mais de 500 milhões de visualizações no YouTube e 66 milhões de streams no Spotify - isso sem contabilizar os números colaborações com MCs como Jerry Smith, Gui, Jhey, Os Cretinos e Nando DK. Também cumpriram uma extensa agenda de shows por todo o país (com cachês de R$ 20 mil).

Apesar do êxito comercial, é comum visitar as redes sociais de Loma e ver vídeos da MC admitindo não “possuir dinheiro”. O discurso é constantemente reiterado pelas gêmeas em suas respectivas páginas. Atualmente, o trio está morando em São Paulo na casa de parentes enquanto mobiliam um novo apartamento alugado. Muitos móveis estão sendo adquiridos através de parcerias com marcas no Instagram.

Depois que a polêmica sobre Paloma não estar estudando ganhou repercussão na mídia nacional, a mãe da jovem largou o emprego no Recife e foi para São Paulo acompanhar de perto a realidade da filha. Foi aí que processo na justiça começou. Loma deu uma pausa na carreira enquanto cursa o 9º ano do Ensino Fundamental na Escola Estadual Amador e Catharina Saporito Augusto, no bairro do Campo Limpo. 

Em agosto, a adolescente rebateu críticas por frequentar uma escola pública. “É porque a gente não tem dinheiro. [...] Se a gente tivesse dinheiro, iria para uma escola particular. Não que o ensino seja ruim, mas a gente ainda não tem condições. Estou feliz estudando em qualquer escola. Meu sonho sempre foi estudar em escola particular, naquela escola de High School Musical”, disse, em um vídeo publicado no Stories.

"MOMENTO DIFÍCIL"
Na última semana, a MC divulgou no Instagram um texto afirmando estar “desesperada”. “Deus, meu coração tá acelerado e quase todo dia ele fica angustiado. Tu disse que em minha vida ia cumprir e eu não consigo nem me levantar daqui. Deus, tu disse que do outro lado eu ia cantar, mas com essa dor eu não consigo nem me movimentar”, escreveu, fazendo referência à música gospel Sinceridade, de Alisson e Neide.

Ainda neste neste final de semana, também lançou uma nota na função Stories para agradecer o apoio dos fãs nesse “momento difícil da vida/carreira”. “Logo logo vamos nos pronunciar. Espero que vocês nos entendam. Quero agradecer a Deus por estar nos ajudando e nos dando forças e a todos vocês pelas mensagens lindas de apoio”.

Procurado pela reportagem, o emprésario Marcelo Fernandes não atendeu as ligações. O Diario não conseguiu entrar em contato com Paloma, Mirella ou Mariely.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.