show Em clima de nostalgia, Bonde do Tigrão agita Delux Mykonos em Maracaípe Trio carioca cantou hits como Glamurosa, Tchuchuca e Cerol na Mão

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 09/09/2018 22:30 Atualizado em: 10/09/2018 15:26

Sucesso dos anos 2000, o trio de funkeiros agitou a beira-mar de Porto de Galinhas. Foto: Divulgação/Agência Delux
Sucesso dos anos 2000, o trio de funkeiros agitou a beira-mar de Porto de Galinhas. Foto: Divulgação/Agência Delux

No último sábado (8), a praia de Porto de Galinhas recebeu a quarta edição da Delux Mykonos. O festão no estilo pé na areia agitou o publico pernambucano com o melhor do funk nacional e trouxe como atração principal, o grupo carioca Bonde do Tigrão.  

Sucesso nos anos 2000, o trio de funkeiros colocou todo mundo para dançar ao som de hits como Cerol na Mão, Tire a camisa e Tchutchuca. Um dos grupos mais respeitados do seguimento, o Bonde do Tigrão fez questão de expressar a alegria em estar de volta a Pernambuco na abertura do verão. "Como é bom estar de volta a essa terra maravilhosa, esse lugar incrível, com pessoas tão incríveis. Se preparem pois a nave do funk carioca aterriçou na beira-mar pernambucana pra tirar todo mundo do chão", disse um dos vocalistas.

Os artistas prestaram homenagem a outros grandes funkeiros como Tati Quebra Barraco, MC Marcinho e MC Serginho com canções como Glamurosa, Boladona e Eguinha Pocotó. Em clima de nostalgia, o funk tomou conta do litoral por mais de duas horas, com uma sequência de músicas que embalaram os bailes cariocas. Cerca de cinco mil pessoas compareceram ao festão que aconteceu à beira-mar de Maracaípe. 

Com iluminação especial, no estilo gambiarras e palco desenhado no formato de casas típicas da Ilha de Mykonos, na Grécia, a festa contou ainda com atrações como os DJs Pedro Sampaio, que apresentou um set recheado de remixes das músicas mais bombadas do momento e também com a pegada eletrônica de Santti e KVSH. 
 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.