Música Revelação do brega pernambucano, Ruanzinho assina com produtora de MC Loma e lança clipe no KondZilla O episódio é mais uma confirmação de que o brega-funk e o batidão romântico estão conquistando o Brasil

Por: Emannuel Bento - Diario de Pernambuco

Publicado em: 30/08/2018 10:09 Atualizado em: 31/08/2018 17:31

Pernambucano é mais um episódio da nacionalização do batidão romântico. Foto: Maker Filmes/Divulgação
Pernambucano é mais um episódio da nacionalização do batidão romântico. Foto: Maker Filmes/Divulgação

Após viralizar nas redes com a música Sou Favela, o pernambucano Ruanzinho, de 15 anos, assinou um contrato com a produtora paulista Start Music, gigante do funk responsável por gerenciar carreiras de nomes como MC Loma, MC Elvis e o paulista Jerry Smith. O episódio é mais uma confirmação de que o brega-funk e o batidão romântico estão conquistando o Brasil. Nesta semana, já integrando o time de artistas da Start, o adolescente lançou um clipe no KondZilla, o terceiro maior canal de música do YouTube. Em apenas três dias, o vídeo conta com quase 4 milhões de visualizações. 

"Sou do morro, sou favela mas meu coração se apaixonou por essa Cinderela / Ela é da zona sul, loirinha de olho azul e o impasse é o pai dela", diz um dos trechos da música, de autoria do compositor pernambucano Marcos César. Como de costume, o clipe ganhou um roteiro baseado na letra da canção: Ruan interpreta um menino humilde que se apaixona por uma menina de outra classe social. O vídeo ainda conta com a participação da mãe do menino, Michelle Lima, que interpreta a si mesma. O músico pernambucano Dany Bala, que produziu a canção em seu estúdio no bairro de Cajueiro, Zona Norte do Recife, aparece sendo o garçom de uma lanchonete.


Embora tenha contrato com a produtora de São Paulo, Ruan continua morando no Recife e estudando no Colégio da Polícia Militar de Pernambuco. Se preparando para a carreira musical, ele está tendo aulas de canto e sessões de fonoaudiologia. Também já tem outro clipe engatilhado: Menos Briga e Mais Amor, com lançamento previsto para o dia 7 de setembro. 

BASTIDORES
Como noticiado pelo Diario de Pernambuco em 6 de agosto, Ruan iria lançar uma versão de Sou Favela em parceria com Wesley Safadão. A dupla já havia filmado um clipe na WS Estúdio, em Fortaleza (CE). No entanto, o dueto não foi divulgado devido ao afastamento de Davi Firma, músico pernambucano que estava gerenciando a carreira do garoto ao lado de Walter Pereira (que descobriu o menino nas redes sociais). Davi era o responsável por estabelecer uma ponte entre Ruanzinho e a produção de Safadão.

Em entrevista para o Diario, a mãe de Ruan explica que o afastamento de Davi Firma foi resultado de sua "desonestidade com o grupo [os pais, Walter Pereira e o compositor Marcos César]. "Houveram alguns acontecimentos em que ele nos desautorizou como pais e tomou decisões sem o nosso consentimento", disse ela. Procurado pela reportagem, Davi Firma se defendeu. "Nunca fiz nada grave. Na minha opinião, só fiz o bem para o Ruan. Isso tudo foi uma longa história em curto tempo", conta o músico, também resguardando maiores informações. 

CONCORRÊNCIA
Após o afastamento, Davi Firma levou a música Sou Favela para a GR6 (concorrente da Start Music), que gerencia a carreira de MC Bruninho. O menino de 11 anos também gravou a canção, dessa vez em parceria com o também pernambucano Vitinho Ferrari, o "novo artista mirim" de Firma. A faixa foi recriada nos estúdios da GR6 pelos produtores Batidão Stronda e DG. Confira o vídeo abaixo:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.