Mobilização União dos Caminhoneiros promete nova greve da categoria em 10 dias De acordo com a entidade, o objetivo é chamar a atenção do governo federal que não adotou práticas de fiscalização para o cumprimento da tabela do frete, que estabelece preços mínimos do serviços dos caminhoneiros

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 02/09/2018 12:47 Atualizado em:

Foto: Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press
Foto: Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press


A União dos Caminhoneiros (UDC) informou que, dentro de um prazo de 10 dias, fará uma mobilização nacional para paralisar por tempo indeterminado as atividades de transporte rodoviário de carga no Brasil. De acordo com a entidade, o objetivo é chamar a atenção do governo federal que não adotou práticas de fiscalização para o cumprimento da tabela do frete, que estabelece preços mínimos do serviços dos caminhoneiros.

A medida foi negociada na última paralisação da categoria, que interrompeu diversas atividades no final de maio e início de junho. O movimento grevista prejudicou o desempenho da economia no segundo trimestre do ano, que teve crescimento de apenas 0,2%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

"A falta de fiscalização e atitudes práticas da parte do órgão fiscalizador tem trazidos enormes prejuízos aos caminhoneiros autônomos do Brasil, o desrespeito descarado das empresas transportadoras que não estão obedecendo a lei", diz o comunicado da UDC.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.