Softex Vídeo conta a história do Polo de Tecnologia de Pernambuco Intitulado de Memória do Futuro, série de vídeos reúne personalidades que contribuíram e atuaram ativamente para a formação do cluster

Publicado em: 13/06/2018 16:38 Atualizado em: 13/06/2018 17:09

Reconhecido como um dos ambientes mais inovadores do Brasil, o Polo de TIC de Pernambuco tem uma história e tanto de desafios superados até a sua consolidação. Para que essa trajetória continue inspirando mentes inovadoras e impulsionando o setor, será lançado, nesta quinta-feira (14), o projeto de vídeo-documentário “Memória do Futuro”, realizado pelas entidades de TIC (SoftexRecife, Porto Digital, Assespro e Seprope). A trajetória será reconstituída por meio de entrevistas com personagens que contribuíram ativamente para a formação cluster. O evento acontece às 17h30, na Associação Comercial de Pernambuco, no Bairro do Recife.

De acordo com o presidente do SoftexRecife e idealizador da iniciativa, Alcides Pires, o projeto faz um resgate do setor e também revela os caminhos para quem deseja plantar um ecossistema de tecnologia. Entre os filmes de estreia, o público vai conferir um bate-papo com Belarmino Alcoforado, fundador da companhia Elógica, que criou, em 1983, o primeiro microcomputador de origem pernambucana, chamado de Corisco. Ele também foi responsável por trazer a internet para a capital pernambucana nos anos de 1990.

Ainda compõe o primeiro conjunto de vídeos entrevistas com José Cláudio Oliveira, presidente da Procenge (tradicional empresa de TIC do Estado presente no mercado há mais de 45 anos); Cláudio Marinho, consultor e ex-secretário de Planejamento e Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente do Governo de Pernambuco; e Silvio Meira, co-fundador e atual presidente do Conselho de Administração do Porto Digital. Nos documentários, que têm em média 10 minutos, são abordados temas como empreendedorismo, inovação e pioneirismo, através da trajetória dos entrevistados, empresas e instituições, como Banorte, CESAR e o próprio SoftexRecife.

Todos os vídeos, texto e imagens desse projeto ficarão aberto ao público a partir de quinta-feira (14), pelo site www.memoriadofuturo.com.br e também pelas redes sociais das entidades. A cada 15 dias, novas entrevistas vão ao ar. Na produção do projeto, atuam diretamente mais de 15 profissionais. Entre eles, estão as jornalistas Emídia Felipe (Direção Geral) e Mona Lisa Dourado, que assina a consultoria e edição.

Informações da assessoria de imprensa do Softex Recife 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.