suzano Oposição usa massacre para atacar política de liberação de armas

Por: AE

Publicado em: 13/03/2019 16:55 Atualizado em:

Para a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, massacre é resultado do "incentivo à violência e à liberação do uso de armas" - Foto: Nelson Almeida/ AFP
Para a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, massacre é resultado do "incentivo à violência e à liberação do uso de armas" - Foto: Nelson Almeida/ AFP
Parlamentares do PT e do PSOL foram às redes sociais atacar a política de liberação de posse de armas, sancionada por decreto pelo presidente Jair Bolsonaro em janeiro.

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PT-PR), afirmou que tragédias como a de Suzano, que deixou 10 mortos e oito feridos, "resultam do incentivo à violência e à liberação do uso de armas". 

A deputada Sâmia Bomfim (PSOL-SP) atacou as falas do senador Major Olímpio (PSL-SP), que defendeu a liberação do porte de armas e afirmou que se um funcionário da escola estivesse armado poderia ter evitado a tragédia".

"Armas servem para matar. Quanto mais armas de fogo, mais violência e mais mortes", afirmou pelas redes sociais.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.