Título de cidadão do Recife para o general Mourão pode ser adiado A data prevista por Marco Aurélio era 28 de janeiro, quando Bolsonaro vai retirar a bolsa de colostomia

Por: Aline Moura - Diario de Pernambuco

Publicado em: 08/01/2019 18:12 Atualizado em: 08/01/2019 19:09

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

O título de cidadão do Recife, que será oferecido ao vice-presidente da República, general Mourão, pode ser remarcado. A data prevista inicialmente pelo vereador Marco Aurélio (PRTB), autor do projeto que faz a homenagem ao militar, era 28 de janeiro, mas é justamente o dia marcado por Jair Bolsonaro (PSL) para retirar a bolsa de colostomia que usa desde que sofreu uma facada, na campanha eleitoral. O vereador Marco Aurélio vai se encontrar com Mourão no dia 22 para saber se ele quer ou não adiar a homenagem. 

Indagado se levaria algum pedido especial ao vice-presidente, considerando que Bolsonaro insinuou, na semana passada, que poderia retaliar o Nordeste (todos os governadores da região nordestina apoiaram a eleição de Fernando Haddad), Marco Aurélio jogou a responsabilidade da politização das relações para Paulo Câmara: “Vou fazer um apelo a ele (ao vice), pois, desde a presidente Dilma, e, em seguida com Temer, quando tínhamos cinco ministros de estado, que o governador tem politizado a relação com o governo federal. Peço que ele (Bolsonaro) desconsidere essas atitudes (do governador) e atenda aos pleitos de Pernambuco”.

vereador Marco Aurélio vai a Brasília se encontrar com vice-presidente da República. Foto: Câmara dos Vereadores do Recife
vereador Marco Aurélio vai a Brasília se encontrar com vice-presidente da República. Foto: Câmara dos Vereadores do Recife

O vereador irá acompanhado de desconsiderou o fato de Paulo Câmara ter sido o primeiro da região a ter solicitado uma audiência com o presidente na última segunda-feira. “Vou, como governador, buscar conversar com o governo federal, mostrar nossos programas, projetos, a importância de terminar obras como a Adutora do Agreste e de começar outras obras, como as adutoras que vão levar água para o Sertão”, disse o governador anteontem. O vereador vai a Brasília encontrar Mourão ao lado do presidente estadual do PRTB, Edinázio Silva.  


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.