lava jato Vaccarezza oferece à Lava Jato duas fazendas da mãe como fiança A defesa afirmou que embora discorde da fiança, 'nunca, em momento, foi a intenção do requerente deixar de cumprir irrestritamente as medidas cautelares impostas'

Por: AE

Publicado em: 01/09/2018 13:44 Atualizado em: 01/09/2018 14:04

Foto: Carlos Moura/CB/D.A Press
Foto: Carlos Moura/CB/D.A Press
A defesa do candidato a deputado federal Cândido Vaccarezza (Avante-SP) ofereceu na sexta-feira, 31, ao juiz federal Sérgio Moro ‘hipoteca de imóvel ou carta de fiança bancária’ para tentar quitar a fiança de R$ 1,5 milhão imposta pelo magistrado da Operação Lava Jato. O ex-líder dos governos Lula e Dilma na Câmara tinha até as 23h59 desta sexta-feira, 31, para pagar o montante.

“(Requer) o acolhimento da substituição do depósito pela garantia imobiliária ou pela fiança bancária, com expedição de comunicação ao Cartório de Registro de Imóveis no primeiro caso, ou autorização expressa no segundo, no fito de que o requerente providencie junto à instituição financeira a expedição de carta de fiança”, anotaram os advogados.

Em documento enviado ao juiz às 19h46 desta sexta, a defesa afirmou que embora discorde da fiança, ‘nunca, em momento, foi a intenção do requerente deixar de cumprir irrestritamente as medidas cautelares impostas’.

Vaccarezza relatou a Moro que ‘procurou junto a familiares, amigos e instituições financeiras, sem êxito, a contração de empréstimo para efetuar o depósito’.

“Sempre na tentativa de atender à determinação judicial, o requerente informa que existe a possibilidade de adimplemento da fiança mediante hipoteca de imóvel ou carta de fiança bancária”, contou.

Vaccarezza afirmou que sua mãe tem ‘dois imóveis rurais livres de ônus’: a Fazenda Recreio medindo 82ha,32a84ca (oitenta e dois hectares, trinta e dois ares e oitenta e quatro centiares)e a Fazenda Nova Esperança - com 108,17t (cento e oito tarefas e dezessete braças), ambas na Bahia.

Segundo ele, ‘na condição de proprietária (sua mãe) autorizou expressamente, com anuência de todos os herdeiros, que os imóveis, no valor de R$ 1,8 milhão sejam dados em garantia real do pagamento da fiança’.

Os advogados de Vaccarezza entregaram a Moro a documentação dos imóveis rurais. “A documentação anexa é suficiente a demonstrar a possibilidade de inscrição da hipoteca, ante a inexistência


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.