Pedido Justiça determina retirada imediata da propaganda de Armando do ar Caso a decisão seja descumprida Armando poderá pagar R$ 5 mil por cada veiculação irregular

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 31/08/2018 22:04 Atualizado em: 31/08/2018 22:20

Foto: Instagram/Reprodução
Foto: Instagram/Reprodução
Na noite desta sexta-feira (31), a Justiça Eleitoral determinou a retirada imediata do primeiro vídeo do guia eleitoral do candidato ao governo do estado Armando Monteiro (PTB). No vídeo, com 2 minutos e 44 segundos, o petebista alfinetou diversas vezes a atual gestão de Paulo Câmara. Após a veiculação, o governador fez um pedido urgente de liminar contra o guia. Caso a decisão seja descumprida Armando poderá pagar R$ 5 mil por cada veiculação irregular.

No documento, os advogados do pessebista teriam informado que "a propaganda eleitoral irregular buscava desonrar o candidato Paulo Câmara ao veicular imagens com trucagens e montagens feitas através de cortes em notícias veiculadas em um contexto totalmente divergente, com a única intenção de criar notícias falsas para desonrar o candidato da Representante".

Ao final da decisão, a relatora Karina Albuquerque Aragão de Amorim pede que as emissoras sejam notificadas para a retirada imediata da propaganda.


Nota oficial 
Em nota oficial, a coligação Pernambuco vai mudar disse que o programa desta sexta-feira não foi veículado devido a erros técnicos. Confira a nota na íntegra: 

"O guia eleitoral da noite da coligação Pernambuco Vai Mudar não foi ao ar por um equívoco do fornecedor de mídia, que repetiu conteúdos que eram distintos entre os dois horários reservados para a propaganda nesta sexta-feira. No entanto, chama a atenção a determinação da campanha do atual governador em judicializar a eleição, entrando com ações junto ao TRE, já no primeiro dia da propaganda de Rádio e TV. As pernambucanas e os pernambucanos, que reprovam a gestão de Paulo, têm o direito de ouvir as propostas e o contraditório. Mais uma vez, como fizeram com Marília Arraes, Paulo e o PSB tentam vencer no tapetão. Não vão conseguir".


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.