• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Dor Estudante tem crise renal e abandona prova do Enem "Já estava sentido um pouco de dor, mas resolvi fazer a prova assim mesmo. O problema é que, de ficar sentado, a dor foi aumentando", explicou Ademir Lopes

Por: AE

Publicado em: 05/11/2016 17:00 Atualizado em: 07/11/2016 18:48

O candidato Ademir Lopes, de 29 anos, teve uma crise renal e foi obrigado a abandonar a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste sábado (5), em Sorocaba (SP). Ele entregou a prova com 23 questões respondidas e, com muitas dores, aguardou autorização para deixar o local.

Com dificuldade para dirigir o próprio carro, ele ligou pedindo socorro a um irmão. "Já estava sentido um pouco de dor, mas resolvi fazer a prova assim mesmo. O problema é que, de ficar sentado, a dor foi aumentando", contou. Ademir fez uma das primeiras edições do Enem, depois parou de estudar em razão do trabalho. Agora, quer retomar a vida universitária e fazer Engenharia Civil. "Se melhorar, faço a prova amanhã", disse.

O candidato Bruno Grange, de 20 anos, foi um dos primeiros a deixar a prova do Enem, no campus da Universidade Paulista (Unip), em Sorocaba. Ele considerou muito difíceis as questões de Química, mas teve facilidade com Física. "Interpretação de texto, história e cultura geral estavam dentro do esperado, sem grandes dificuldades", avaliou. Ele já cursa Engenharia Elétrica em universidade, mas fez a prova para concorrer ao financiamento do Programa Universidade para Todos (Prouni).


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.