Prado Homem acusado de agredir idoso é preso Caso aconteceu em condomínio, após a vítima reclamar de barulho

Publicado em: 07/02/2019 19:52 Atualizado em: 07/02/2019 21:33

A agressão foi registrada em imagens, mais tarde apresentadas à Polícia. Foto: reprodução/WhatsApp
A agressão foi registrada em imagens, mais tarde apresentadas à Polícia. Foto: reprodução/WhatsApp
O homem de 34 anos acusado de agredir um idoso em um condomínio residencial no bairro do Cordeiro, no Recife, foi preso pela Polícia Civil. Lori Sandry Félix Arruda cometeu o crime no último dia 26 de janeiro. A vítima, o funcionário público Marcos Bezerra, teve fratura no nariz e contou ter sido agredido quando reclamou de um barulho provocado por crianças nas proximidades da janela do apartamento dele. Uma das crianças é filho do acusado e teria dito ao morador: %u201Cos incomodados que se mudem%u201D. Em seguida, disse que chamaria o pai para resolver a situação. A agressão foi filmada e usada como prova. Marcos prestou queixa na Delegacia de Proteção ao Idoso. Amanhã, o delegado Germano Bezerra dará mais detalhes sobre o caso.

Morador do condomínio há 20 anos, o idoso esperou pelo pai do menino para que pudessem conversar amigavelmente. Assim que chegou ao local, Lori teria dito: "a gente cria eles assim, para eles fazerem barulho mesmo. E os incomodados que se mudem'". Ao terminar a frase, Lori teria empurrado o idoso, que caiu no chão, e logo depois começou a espancá-lo com chutes e murros. Segundo os familiares da vítima, enquanto batia no vizinho, fez pouco caso da situação e dito: "pode chamar a polícia que não vai dar em nada, eu tenho costa quente".

Os gritos e palavrões do agressor chamaram a atenção de outros moradores do condomínio, que foram até o local e começaram a discutir com Lori, tirando a atenção dele sobre a vítima. Com a distração, vizinhos conseguiram levantar o idoso ensaguentado do chão. Ao perceber a proporção tomada e a quantidade de moradores que se aproximaram, ele levou os filhos para o carro e saiu em alta velocidade pelo condomínio, fugindo do local do crime.

Veja o vídeo:






Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.