Pacto pela Vida Reunião do governador com secretariado define plano de combate à violência para o estado O levantamento sobre os crimes ocorridos no ano passado serão divulgados somente na próxima semana

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 10/01/2019 12:56 Atualizado em: 10/01/2019 14:48

O governo irá traçar as metas para os próximos três meses na área de segurança. Foto: Léo Malafaia/Esp.DP.
O governo irá traçar as metas para os próximos três meses na área de segurança. Foto: Léo Malafaia/Esp.DP.
Em reunião realizada na Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), na Rua da Aurora, área central do Recife, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, apresentou, na manhã desta quinta-feira (10), o modelo de gestão adotado no Pacto pela Vida aos auxiliares do primeiro escalão do governo. O balanço com os números sobre a violência em 2018 será divulgado somente na próxima semana.

O último balanço divulgado pela Secretaria de Defesa Social (SDS) corresponde ao último mês de novembro. De acordo com a SDS, houve uma redução de 34,7% nos Crimes contra o Patrimônio (CVP) em comparação com novembro de 2017. Comparado com os outros 11 meses do ano passado, a Secretaria considerou uma queda de 23% no registro dos CVPs.

Segundo a SDS, em 2018 houve redução consecutiva dos homicídios ocorridos em Pernambuco. Em novembro do ano passado foram registrados 299 mortes violentas registradas. Nesse mesmo período, foram notificados 3.862 crimes de roubos, furtos e assaltos. Somente no Recife, a redução dos homicídios em novembro foi de 10%. Sendo no total 54 crimes desse tipo registrados durante todo o mês, e 60 notificados no mesmo período do ano passado. Durante o último ano, a diminuição dos CVLIs na Capital chegou a 24,76%, com 550 ocorrências. 

A partir de agora, o governo irá traçar as metas para os próximos três meses. "A expectativa é muito boa para continuar na trajetória de queda para que Pernambuco volte a patamares bem mais aceitáveis. A estratégia é continuar gerenciando a cada semana e fazendo a intervenção necessária de forma pontual ou estrutural para obter os resultados conseguidos esse ano", comentou o coordenador do Pacto pela Vida e secretário de Planejamento e Gestão, Alexandre Rebêlo.

Paulo Câmara já havia reunido o secretariado no último dia 5, quando apresentou as metas do Governo, entre elas está a integração entre as pastas. Desta vez, a reunião aconteceu a portas fechadas na Seplag com 27 secretários estaduais para explicar o modelo de política pública de segurança do Estado. As metas do  Pacto pela Vida são estabelecidas a cada trimestre. Essa é uma reunião habitual feita pela coordenação programa que acontece semanalmente e conta com a presença do governador uma vez por mês.

Sem revelar a meta do Pacto para os próximos três meses, o secretário apenas afirmou que irá avaliar o resultado final de 2018, que será divulgado na próxima semana, para estabelecer o que deverá ser feito em janeiro, fevereiro e março. Para Rebêlo, o último ano teve um saldo positivo no combate à violência.

"Em 2018 conseguimos reenquadrar o Pacto pela Vida apresentando redução e a ideia é continuar essa trajetória em 2019. Os dados finais do ano são positivos. A redução foi extremamente significativa a cima de 20%, fruto desse trabalho integrado. A expectativa é muito boa para continuar a queda e Pernambuco volte a patamares bem mais aceitáveis", disse Rebêlo.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.