• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Ganhe o mundo Boa de bola e de estudo

Publicado em: 29/06/2015 09:00 Atualizado em: 09/07/2015 23:22

 (Arquivo Pessoal/divulgação)
Quem também vai para o Canadá é Bianca Bezerra Cavalcanti. Na bagagem, a garota de 15 anos levará a vontade de conhecer uma nova cultura e de melhorar o inglês, mas, também, o sonho de tornar-se uma atleta profissional. Jogadora de futebol do América, com duas convocações para a Seleção Brasileira sub-17, Bianca espera ter a oportunidade de praticar o esporte em um país onde é mais valorizado.

“Estou pensando tanto no estudo, quanto no futebol. Quem sabe, com o esporte, eu arranjo uma bolsa em alguma universidade de lá?”, imagina a jovem, que garante ter reforçado as leituras e a prática do idioma estrangeiro para não ter problemas na viagem. “Quanto mais você estuda, mais você sabe. E, quanto mais sabe, menos passa vergonha. Eu quero ter um bom relacionamento, saber conversar...”, diz a aluna do 2º ano da Escola de Referência em Ensino Médio Oliveira Lima, localizada em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife.

Essa dedicação, por sinal, é apontada pela garota como seu diferencial para obter a aprovação no Ganhe o Mundo. “Sempre que quero uma coisa, vou atrás.” Agora, ela quer direcionar as forças em direção a dois novos objetivos: ser jogadora de futebol profissional e fazer faculdade de medicina (como dois dos seus seis irmãos, todos mais velhos) ou fisioterapia.

Antes deles, porém, Bianca tem um outro sonho, mais antigo, prestes a virar realidade. “Quando eu era pequena, tinha o sonho de ver neve. Alguns amigos que viajaram me disseram que queima na pele, mas eu só quero chegar e me jogar nela”, revela, aos risos. Para tentar se preparar para as temperaturas negativas que deve enfrentar no Canadá, a garota adotou um novo hábito: dormir com o ar-condicionado ligado. Será que vai funcionar?

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.