• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Ganhe o Mundo Apredizado de filho para os pais Com a experiência de Gabriel, a vendedora Joyce decidiu voltar a estudar e tem o sonho de cursar direito

Por: Anamaria Nascimento

Publicado em: 28/06/2015 15:30 Atualizado em:

"Espero realizar meu sonho e entrar numa faculdade em breve%u201D, confessou Joyce. Foto: arquivo pessoal
"Espero realizar meu sonho e entrar numa faculdade em breve%u201D, confessou Joyce. Foto: arquivo pessoal
A aprendizagem durante o intercâmbio de Gabriel Ramos, 18, que viajou em 2012 para a Califórnia, Estados Unidos, não ficou restrita a ele. Toda a família se envolveu na experiência e procurou tirar lições do Programa Ganhe o Mundo no período em que o caçula morou fora. A mãe, a vendedora Joyce Ramos, 47 anos, foi a primeira a se empolgar. Quando soube que o filho iria para os Estados Unidos, viver uma vida que ela só tinha “visto em filmes”, decidiu estudar inglês.

Sem dinheiro para pagar um curso, estudou de forma autônoma, pela internet. “O intercâmbio de Gabriel deixou lições valiosas. Não só aprendi a lidar com a saudade, mas decidi aprender o idioma que ele iria estudar”, conta. Gabriel diz que a mãe autodidata o incentivou a buscar um futuro melhor. “Quando eu pensei que não conseguiria, ela me disse ‘você é um Ramos. Um Ramos não desiste’.”
Além dele, Joyce é mãe de David, 22, que mora em São Paulo. “Criei os dois sozinha, sou mãe solteira. Eles são tudo o que eu tenho, mas tenho aprendido que os criei para o mundo”, afirma. “Vê-los assim, literamente ganhando o mundo, me dá uma satisfação enorme. Aprendo com eles todos os dias.”

Influenciada pelos filhos, a vendedora voltou a estudar. Quer ingressar no ensino superior e cursar direito. “Tenho dois filhos criados, estudando em boas universidades. Um deles viveu uma experiência maravilhosa no exterior, algo que eu não poderia ter proporcionado a ele com o salário que ganho. Agora, chegou a minha vez. A hora de investir em mim mesma. Espero realizar meu sonho e entrar numa faculdade em breve”, confessou Joyce.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.