ELEIÇÕES 2018 Jarbas garante volta ao Senado Segundo ele, será um retorno em prol de Pernambuco, mas com uma visão nacional de desenvolvimento

Por: André Clemente - Diario de Pernambuco

Publicado em: 08/10/2018 09:41 Atualizado em:

Emedebista ficou na segunda colocação da eleição. Foto: Paulo Paiva/DP
Emedebista ficou na segunda colocação da eleição. Foto: Paulo Paiva/DP
A partir de 1º de janeiro de 2019, Jarbas Vasconcelos (MDB) volta a assumir um cargo no Senado. Depois de um mandato de deputado federal e uma campanha polêmica, Jarbas conquistou a segunda vaga, atrás de Humberto Costa (PT), também eleito pela mesma chapa. Ontem, durante o evento pós-resultado da apuração que validou a reeleição do governador Paulo Câmara e dos dois senadores da Frente Popular, Jarbas era o menos eufórico e, aos militantes e entusiastas da majoritária, resumiu-se a agradecer rapidamente pela eleição. Segundo ele, será um retorno em prol de Pernambuco, mas com uma visão nacional de desenvolvimento.

A campanha de 2018 para o Senado foi diferenciada por dois motivos: colocou em disputa grandes nomes da política pernambucana e uniu em uma mesma chapa dois antigos “desafetos” políticos, que foi o caso de Jarbas e Humberto, como candidatos pela base governista. Também buscaram o voto do eleitor os ex-ministros do governo de Michel Temer, Bruno Araújo e Mendonça Filho, na chapa de oposição ancorada pelo candidato ao governo do estado, Armando Monteiro.

Foi contra Mendonça Filho (DEM) que Jarbas travou uma batalha pela segunda vaga na abertura de urnas ontem. O resultado foi a eleição de Jarbas com 1.430.802 votos, o que representou 21,51% dos votos, à frente de Mendonça Filho, que recebeu 1.302.446 votos, marcando 19,58% dos votos.

“A prioridade do meu mandato vai continuar sendo Pernambuco, mas sem esquecer o Brasil. Um senador não pode se limitar a uma visão apenas da sua região. Então a minha atuação será pautada assim. O país não vai bem, todo mundo sabe disso, e no Senado a gente tem que ser uma voz atenta e tentar dar uma contribuição para que saia desses impasses, que possa avançar e melhorar”, afirmou.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.