eleições Candidata a vice-governadora, Luciana Santos vota em Olinda Última membra da Frente Popular a votar, a comunista foi às urnas após acompanhar Paulo, Jarbas e Humberto

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 07/10/2018 14:00 Atualizado em:

Foto: Léo Malafaia/Esp. DP
Foto: Léo Malafaia/Esp. DP
Sem a presença do candidato à reeleição do governo do estado Paulo Câmara (PSB), a postulante a vice-governadora da chapa Luciana Santos (PCdoB) votou no início da tarde deste domingo no Colégio Dom, no bairro de Casa Caiada, em Olinda. Bastante assediada pela militância, ela exaltou o trabalho realizado pela atual gestão e apontou conquistas de um trabalho que, segundo ela, vem sendo construído desde quando Eduardo Campos e Lula se aliaram, em 2006. Na ocasião, o falecido político chegou ao cargo de governador de Pernambuco. A política ainda exaltou a postura de Paulo Câmara ao apoiar a candidatura de Fernando Haddad (PT) à presidência.

“Acho que temos uma grande chance de consolidar [a vitória] no primeiro turno. Foi defendido o legado dos trabalhos da aliança desde os tempos de Eduardo Campos e Lula e os feitos do nosso governador Paulo Câmara, que assumiu em uma condição muito adversa política e econômica. No entanto, Pernambuco continua a brilhar no cenário nacional com uma das melhores educações do país, tem a menor mortalidade infantil da série histórica. No ranking da eficiência dos estados, é o quarto do País. Ele fez mais com menos. E o mais importante nesse período todo foram as posições políticas do governador, dando apoio a Fernando Haddad, para enfrentar essa ameaça fascista que cresce no Brasil", declarou a candidata, que precisou aguardar 53 minutos na fila para conseguir votar.

Luciana Santos chegou no local acompanhada dos candidatos ao Senado por Pernambuco Humberto Costa (PT) e Jarbas Vasconcelos (MDB), além de familiares. O trio percorreu junto os locais de votação de cada um. Mais cedo, eles ainda estiveram juntos no café da manhã oferecido pelo governador Paulo Câmara, no prédio em que mora, no bairro da Madalena, Zona Oeste do Recife.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.