eleições 'Haddad é Lula lá': PT muda propaganda e jingle após derrota no TSE O ex-presidente continua sendo o principal cabo eleitoral do candidato a vice na chapa, mas o partido mudou o tom da campanha

Por: Estado de Minas

Publicado em: 04/09/2018 08:33 Atualizado em:

Foto: Reprodução/internet
Foto: Reprodução/internet
Depois da decisão do Tribunal Superior Eleitoral de suspender as inserções do PT na televisão estreladas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o partido mudou o tom da propaganda de rádio veiculada na manhã desta terça-feira (4). 

No horário eleitoral, o candidato a vice na chapa, a coligação passou a dizer que o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad é o Lula na eleição.

O PT também fez algumas alterações no jingle “chama que o homem dá jeito”, que passou a dizer “chama que o 13 dá jeito”. Em um trecho que dizia “olha o Lula lá”, o PT também trocou a frase para “Haddad é Lula lá”.

Lula continua

O candidato a vice protagoniza a propaganda, mas continua sustentando sua participação no pleito com o apoio do ex-presidente, que está preso em Curitiba por causa da condenação no caso do triplex no Guarujá.

O PT repetiu na propaganda da manhã que a Organização das Nações Unidas disse que Lula pode ser candidato, mas o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou o direito de ele concorrer. Porém, após a nova decisão da Justiça Eleitoral, o recado veiculado no rádio teve menos ênfase do que o de sábado, quando a legenda dizia se tratar de um novo golpe contra o petista. 

A decisão de suspender as inserções televisivas da coligação “O povo feliz de novo”, tomada na segunda-feira, foi do ministro Sérgio Banhos. Ele entendeu que a propaganda estaria induzindo o eleitor a pensar que Lula ainda é o candidato do PT à Presidência.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.