Haddad chega a Pernambuco como candidato do PT e é chamado de 'Andrade' Em tom de descontração, informação foi divulgada no Twitter de Humberto Costa.

Por: Aline Moura - Diario de Pernambuco

Publicado em: 01/09/2018 12:15 Atualizado em: 01/09/2018 15:49

Formado em direito, mestre em economia e doutor em filosofia, Haddad passa hoje por Caetés - terra natal do ex-presidente - para pendurar o discurso acadêmico e se vestir de Lula. Foto: Twitter/HumbertoCosta/Divulgação
Formado em direito, mestre em economia e doutor em filosofia, Haddad passa hoje por Caetés - terra natal do ex-presidente - para pendurar o discurso acadêmico e se vestir de Lula. Foto: Twitter/HumbertoCosta/Divulgação

[VÍDEO1]

 

Candidato a vice do PT, mas cotado para concorrer à Presidência da República, no lugar de Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-ministro da Educação Fernando Haddad já chegou a Pernambuco. Ele está, neste momento, no município de Caetés, terra natal de Lula, onde faz gravações para o guia eleitoral que estreia neste sábado (1). Ele desembarcou no estado e, segundo o senador Humberto Costa (PT), já começou a ser reconhecido pelos moradores. A curiosidade, como já antecipou a coluna Diario Político, é que ele está sendo chamado no Nordeste de “Andrade”.

Por que Haddad escolheu Caetés para começar a campanha presidencial?


“Já ouvimos por aqui alguns companheiros perguntando se “Andrade” chegou... Ele chegou sim e já conversou conosco sobre a educação em Pernambuco”, escreveu o senador Humberto Costa, ao lado do governador Paulo Câmara (PSB). À tarde, a partir das 14h, ele participa de uma caminhada em Garanhuns, com concentração no Relógio das Flores.

Foto: Twitter/HumbertoCosta/Divulgação
Foto: Twitter/HumbertoCosta/Divulgação

O PT ainda trata o ex-ministro como vice e vai recorrer da decisão do TSE, mas ele vai aparecer no guia como candidato ao Planalto. Ele chega Pernambuco para beber das águas de seu padrinho político, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Formado em direito, mestre em economia e doutor em filosofia, Haddad está em Caetés - terra natal do ex-presidente - para pendurar o discurso acadêmico e se vestir de Lula, de Nordeste. Participará do primeiro ato de campanha dele ao lado do governador Paulo Câmara (PSB), candidato à reeleição. E já tirou a primeira foto ao lado de Paulo juntos, depois da aliança entre o PT e o PSB no estado, que até o início desta eleição estavam em campos opostos. Haddad chama a reaproximação das duas legendas de “reposicionamento”.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.