Teatro Reynaldo Gianecchini Ricardo Tozzi trazem peça sobre lenda do Taj Mahal para Recife Atores estrelam o espetáculo Os guardas do Taj no Teatro RioMar

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 04/02/2019 15:22 Atualizado em:

O enredo se passa no ano 1648, onde os dois guardas imperiais estão em pé e de costas para o ainda não revelado Taj Mahal.  Foto: João Caldas
O enredo se passa no ano 1648, onde os dois guardas imperiais estão em pé e de costas para o ainda não revelado Taj Mahal. Foto: João Caldas

Os atores Reynaldo Gianecchini e Ricardo Tozzi estrelam o espetáculo Os Guardas do Taj. A peça virá ao Recife com sessões nos dias 23 e 24 de março, no Teatro RioMar.  

Os Guardas do Taj retrata dois homens comuns que se deparam com a beleza imensurável do Taj e ao mesmo tempo são varridos pela carnificina e pela injustiça que cerca uma das maravilhas mais famosas do mundo. O enredo se passa no ano 1648, onde os dois guardas imperiais estão em pé e de costas para o ainda não revelado Taj Mahal. Um deles, Babur (Ricardo Tozzi), está cheio de curiosidade inextinguível; o outro, Humayun (Reynaldo Gianecchini), é pura ortodoxia obediente. Amigos desde a infância acabam se confrontando diante das regras estabelecidas e da maneira que cada um deles vê a sociedade e suas vidas. 

Além de estarem proibidos de olhar para o edifício, os dois amigos acabam sendo escalados para participarem da famosa história arbitrária que o imperador ordenou que executassem. O texto do americano Rajiv Joseph levanta questões potentes sobre o humano, o preço pago ao longo da história para realizar os caprichos dos poderosos, mesmo quando resultam em maravilhas arquitetônicas que, em última análise, serviriam para dar prazer às massas. Esta é uma das muitas lendas que cercam o Taj, mas que o autor usa de maneira brilhante para explorar, de forma inteligente e sem ser esmagadoramente dramática, uma série de ideias filosóficas. Uma delas é se há limites à busca humana pelo conhecimento, o que rege as relações de amizade e as proibições absurdas que muitas vezes nos são impostas.

Com direção de Rafael Primot e João Fonseca, os temas centrais do espetáculo sobre dois guardas imperiais proibidos de olhar para o esplendor do Taj Mahal em sua inauguração são a curiosidade humana, o capricho dos poderosos e a amizade entre dois homens. Além disso, quando os guardas são ordenados a realizar uma tarefa impensável, as consequências os obrigam a questionar os conceitos como amizade, beleza e dever, e os muda para sempre de maneira única e poética.

Serviço
Espetáculo Os Guardas do Taj
Quando: 23 de março (sábado), às 21h, 24 de março (domingo), às 19h
Onde: Teatro RioMar (Av. República do Líbano, 251, 4º piso – RioMar Shopping)
Ingressos: Plateia Baixa: R$ 140 (inteira) e R$ 70 (meia)
Plateia Alta: R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia)
Balcão Nobre: R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia)
Vendas oficiais: bilheteria do Teatro RioMar Recife (terça a sábado, das 12h às 21h, domingos e feriados, das 14h às 20h) e www.uhuu.com.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.