JGE 2019 Baião com o rock setentista e o folk: Bruno Lins lança disco no Teatro Hermilo A fusão de ritmos dá o tom de Vereda caminho, primeiro álbum solo de Bruno Lins, que será lançado em show hoje à noite no Teatro Hermilo Borba Filho

Por: Emannuel Bento - Diario de Pernambuco

Publicado em: 23/01/2019 14:02 Atualizado em: 23/01/2019 14:08

Foto: Divulgação (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
Bruno Lins, se materializa pela primeira vez no palco hoje, a partir das 20h, no Teatro Hermilo Borba Filho, Bairro do Recife. A apresentação, que também será realizada amanhã, no mesmo horário, integra a programação do festival Janeiro de Grandes Espetáculos. O cantor, já conhecido por ser vocalista da banda de forró Fim de Feira, subirá no palco com vários músicos e cantores que fizeram parte da gravação do disco, entre eles Henrique Albino, Isaar, Larissa Lisboa e Rodrigo Morcego.

O VJ e artista plástico Mozart Santos assina a cenografia digital do evento. O disco entrou em fase de produção após um aceite do edital do Funcultura, em 2017. Foi gravado no Estúdio Muzak, em Casa Forte, e lançado em dezembro do ano passado exclusivamente na plataforma brunolins.com. Nos shows de hoje e amanhã, ele lançará a versão física, composta por embalagem de madeira e um encarte que se transforma em um pôster. Vereda caminho é composto por 11 faixas inéditas que apostam na fusão do baião com o rock setentista e o folk, mas sem perder a essência regional que acompanha o artista desde o início da Fim de Feira, há mais de dez anos. “O forró e os ritmos tradicionais sempre foram uma referência para mim. No entanto, desde 2014, venho criando algumas músicas paralelas ao grupo. Em determinado

Show terá participação de músicos e cantores que fizeram parte da gravação do disco, como Henrique Albino e Isaar momento, precisei sair da bolha para poder me expressar em uma poética um pouco diferente do que eu já vinha fazendo”, explicou Bruno Lins, em entrevista ao Viver. O resultado é um material cosmopolita, mesclando a música local com riffs de guitarra que empoderam a viola caipira, o triângulo e a sanfona.

"A música pernambucana é muito abrangente e cativa, mas acho que dessa vez eu abri mais diálogos, conversando com outras expressões musicais externas ao ciclo do forró, como o coco, o baião e o xote, numa perspectiva mais contemporânea e moderna”, diz Bruno. “No show, vamos tocar o disco todo. Issar e Larissa farão os mesmos duetos que fazem no álbum", explica.

Para construir a sonoridade universalista e nostálgica, ele assina a produção reunindo instrumentistas de diferentes gerações, como Hugo Linns, Rodrigo Morcego, Amaro Freitas e Henrique Albino, além daqueles que já o acompanham no Fim de Feira - Lucivan Max (percussão), Luccas Maia (baixo), Thiago Rad (guitarras e violas), Márcio Silva (bateria) e Guga Fonseca (teclados). “Acredito que esse show veio para coroar toda a produção do álbum. Desde o início, esse foi um disco de banda, orgânico. Usamos alguns elementos de estúdio, até mesmo softwares, para ele soar como um show mesmo.”

SERVIÇO

Bruno Lins apresenta Vereda caminho Quando: hoje e amanhã, às 20h Onde: Teatro Hermilo Borba Filho (Cais do Apolo, 142, Bairro do Recife) Quanto: R$ 30 e R$ 15 (meia) Informações: (81) 99164-2388

Apresentações de hoje e amanhã fazem parte da programação do Janeiro de Grandes Espetáculos

Mais música

Conhecido por ser o maior festival de artes cênicas de Pernambuco, o Janeiro de Grandes Espetáculos também agrega diversas atrações musicais. Além do lançamento de Bruno Lins, a programação contará com o show Oferenda, da banda Café Preto (PE), nesta sexta-feira, a partir das 21h, no Teatro de Santa Isabel. O grupo é um projeto paralelo do músico Cannibal (Devotos), contemplando reggae e dub, sem perder o sotaque regional. No sábado, às 21h, o mesmo equipamento cultural recebe um com show de homenagem a Claudionor Germano. A apresentação será capitaneada por Cláudia Beija, Adriana B, Dalva Torres, além do Coral Edgard. No domingo, é a vez do show Jubileu das cordas, de Henrique Annes, às 18h, também no Santa Isabel. O Quinteto Arraial sobe no palco do Teatro Arraial Ariano Suassuna também no domingo, às 18h. No Teatro Luiz Mendonça, em Boa Viagem, a banda Flor de Cactus faz o lançamento do disco Brincando com o tempo, às 19h.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.