música Guitarrista do Charlie Brown Jr. se posiciona contra reunião da banda Thiago Castanho criticou o anunciou do retorno do grupo feito por Alexandre Abrão, filho de Chorão

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 23/01/2019 12:28 Atualizado em: 23/01/2019 12:33

Thiago Castanho participou de sete álbuns de estúdio do grupo, incluindo 'La família 013', último da banda. Foto: Reprodução/Instagram
Thiago Castanho participou de sete álbuns de estúdio do grupo, incluindo 'La família 013', último da banda. Foto: Reprodução/Instagram

Thiago Castanho, um dos guitarristas mais conhecidos do grupo Charlie Brown Jr., se posicionou contrário ao retorno da banda, que se apresenta em "show/tributo" gratuito no Vale do Anhangabaú, em São Paulo, em 25 de janeiro. 

"Charlie Brown Jr. sem Chorão não existe", comentou o guitarrista em suas redes sociais. O anúncio da volta do grupo liderado por Chorão foi feito pelo filho do vocalista, Alexandre Abrão, em seu Instagram. 

O guitarrista comunicou aos fãs o motivo de sua ausência no show que reunirá integrantes que fizeram parte das diversas formações do Charlie Brown Jr. e artistas ligados à banda, como Dinho Ouro Preto, Supla, Digão e Di Ferrero. 

Em vídeo no Instagram, Castanho negou o rumor de que estava doente e por esse motivo não participaria da apresentação anunciada como "reunião" da banda. O guitarrista afirmou que não existe o grupo sem Chorão. "Estou aqui pra dizer sobre o comentário no Instagram a meu respeito, que estou doente e não vou participar do show do dia 25, que é a 'volta' do Charlie Brown Jr. O Charlie Brown Jr. não vai voltar, porque Charlie Brown Jr. sem Chorão não existe. Eu não estou doente, tô com muita saúde e não faço parte desse tributo. Um abraço a todos. Paz", afirmou o músico.

Em Stories publicados no Instagram no último sábado (19/1), Alexandre Abrão disse: “Não é homenagem. O Charlie Brown Jr. vai voltar à ativa em 2019. A gente vai fazer uma turnê grande, f***, pesada. Vai ser do c***”. 

Porém com a repercussão gerada, um vídeo foi divulgado nas redes sociais do grupo, no qual Alexandre Abrão, acompanhado dos ex-integrantes do Charlie Brown Jr., o guitarrista Marcão Britto, do baixista Heitor Gomes e do baterista Pinguim Ruas, diz que houve um mal-entendido. Na gravação, o filho de Chorão disse que a ideia não é substituir o pai ou o baixista Champignon, ambos falecidos em 2013. "O intuito sempre foi celebrar a vida e a história do Charlie Brown Jr. Sabemos que não existe a banda sem Chorão e não queremos substituir Chorão ou Champignon. Nós não vamos lançar músicas novas, a banda não vai voltar. O Charlie Brown Jr. sempre será Chorão, Champignon, esses caras aqui, tanto como Thiago, Graveto e Pelado... todos que fizeram parte da história", afirmou Alexandre.

Em nova publicação em sua rede social, Thiago Castanho, que tem duas passagens pelo Charlie Brown Jr., contou que aceitou o convite inicialmente, como foi informado por Alexandre Abrão, por pensar que se tratava apenas de um show/tributo, mas ao saber que a reunião poderia gerar uma turnê, voltou atrás. Confira o comunicado abaixo.

Como guitarrista da banda formada em 1992, Thiago Castanho participou dos três primeiros trabalhos de estúdio da banda, Transpiração contínua prolongada (1997), Preço curto... Prazo longo (1999) e Nadando com os tubarões (2000). Após um período fora da banda, Castanho retornou ao Charlie Brown Jr. e participou dos álbuns Imunidade musical (2005), Ritmo, ritual e responsa (2007), Camisa 10 (Joga bola até na chuva) (2009) e La família 013 (2013). Além do álbum ao vivo Música popular caiçara (2012). 




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.