Música O batidão romântico de Roginho chega ao Brega Naite A banda A Favorita e os DJs Felipe Machado e Allana Marques completam a programação do evento

Por: Emannuel Bento - Diario de Pernambuco

Publicado em: 08/12/2018 14:27 Atualizado em: 09/12/2018 12:18

Cantor prepara um novo repertório de verão e carnaval, além de um EP de inéditas. Foto: Instagram/Reprodução
Cantor prepara um novo repertório de verão e carnaval, além de um EP de inéditas. Foto: Instagram/Reprodução

O pernambucano Roger Santana Adeleno transitou em todas as variações do brega pernambucano nos últimos seis anos, mas só encontrou a chave para o sucesso há alguns meses. Foi após investir no batidão romântico, vertente que tem sido responsável por exportar MCs recifenses para o Sudeste, que Roginho passou a realizar cerca de 30 shows por mês, no mínimo. Um deles será neste sábado (8), em sua primeira vez no Brega Naite, festa tradicionalmente realizada no Catamaran, a partir das 22h. A banda A Favorita e os DJs Felipe Machado e Allana Marques completam a programação.

"É tudo muito novo. Conseguimos passar por muitas adversidades, mas agora está tudo rolando", afirma o jovem de 22 anos, que cresceu no bairro de Pau Amarelo, em Paulista, e agora reside em Boa Viagem, Zona Sul do Recife. Até o primeiro semestre deste ano, quem gozava do título de revelação do ano era MC Elvis, que emplacou sucessos como Tá rocheda, Novinha pode pá e assinou contrato com a produtora paulista Start Music.

Roginho seguiu os passos do colega ao gravar Preta, um dueto com o MC recifense TH CDM, que trouxe o batidão romântico em um viés mais “sacana”, mesclando a decepção amorosa com versos que explicitam posições sexuais. A produção musical é de Batidão Stronda. A composição de TH CDM é simples, mas sagaz, e caiu no gosto dos pernambucanos. O sucesso foi tamanho que despertou atenção da Start Music. “Eu não quis assinar porque teria de largar meu empresário, mas o TH topou e relançou a música em uma nova versão, apenas com ele. Antes não tínhamos atenção de ninguém, mas não é porque o sucesso chegou que vou deixar meus amigos aqui.”

Ele dispensou a produtora paulista, mas aproveitou o efeito de Preta e centrou fogo no Recife. Lançou os sucessos Bebendo pra te esquecer, Te pegar de novo (com A Favorita) e gravou o álbum de repertório Ao vivo no Recife, que traz canções autorais e regravações de sucessos do sertanejo universitário, uma estratégia que expandiu seu público para as casas de shows da classe média. “As músicas agitadas do brega-funk são boas, mas possuem pouco tempo de durabilidade e não conseguem entrar em certos espaços. Já as músicas com o romantismo têm um tempo maior de vida”, avalia o cantor, que prepara um novo repertório de verão e carnaval, além de um EP de inéditas.

Serviço
Brega Naite 
Onde: Catamaran (Praça das Cinco Pontas, Recife)
Quando: sábado (8), a partir das 22h
Quanto: R$ 50 e R$ 140 (Puxadinho Open Bar - all included: whisky, vodka, cerveja, água e refrigerante)


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.