premiação Kevin Hart desiste de apresentar o Oscar após polêmica com comunidade LGBT Comediante sofreu duras críticas por séries de tuítes homofóbicos e perdeu cargo de apresentador da edição 2019 do Oscar

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 07/12/2018 09:04 Atualizado em: 07/12/2018 09:05

Apresentador anunciou a saída do prêmio na noite desta quinta-feira (6). Foto: Christopher Polk/Getty Images/AFP
Apresentador anunciou a saída do prêmio na noite desta quinta-feira (6). Foto: Christopher Polk/Getty Images/AFP
Após dois dias de intensas críticas, Kevin Hart sucumbiu as críticas e não apresentará mais a edição 2019 do Oscar. Por meio de uma declaração na conta oficial do Twitter, o comediante (que tinha sido escalado no começo da semana para apresentar a premiação) explicou que não gostaria de ser uma “distração” em uma noite de celebração, e confirmou que não estaria mais no comando do evento.



“Eu tomei a decisão de me retirar da apresentação do Oscar deste ano... Isso porque eu não quero ser uma distração em uma noite que deveria ser de celebração de tantos artistas famosos”, escreveu.

Hart decidiu sair do cargo após críticas em relação a uma série de tuítes homofóbicos que escreveu em 2011, e voltaram a público na quarta-feira (5). O comediante teria se recusado a pedir desculpas pelas palavras e estava sendo pressionado pela direção executiva do Oscar a buscar perdão.

Entretanto, no tuíte anunciando a saída da apresentação, Hart de fato pediu desculpas a comunidade LGBTI+ pelas palavras homofóbicas. “Eu sinceramente peço perdão a toda a comunidade LGBTQ pelas palavras insensíveis do meu passado”, escreveu.

De acordo com o portal Page Six, um dos tuites homofóbicas de Hart dizia: “Ei se meu filho voltasse para casa e tentasse brincar com as bonecas da minha filha eu iria quebrá-las sobre sua cabeça e dizer 'pare isso é gay'” (no original: “Yo if my son comes home & try’s 2 play with my daughters doll house I’m going 2 break it over his head & say n my voice ‘stop that’s gay'”).

O Oscar não comentou publicamente a polêmica até o momento.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.