Literatura 'Livro marginal' revela de forma nua e crua a realidade das periferias Com a experiência de quem sente na pele a realidade das periferias, escritor Don Marcos bebe na fonte de grandes autores como José Saramago, para descortinar a história de pessoas apontadas como 'invisíveis'

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 16/11/2018 19:42 Atualizado em: 16/11/2018 20:31

Ilustrações da obra feitos pelo artista Galdino 83. Foto: Divulgação
Ilustrações da obra feitos pelo artista Galdino 83. Foto: Divulgação

Apresentar de forma nua e crua um livro com denúncia social e reflexão sobre a condição humana das periferias. É com este objetivo que o artista Don Marcos lança a obra "Marginal". O material possui classificação indicativa para maiores de 18 anos e está disponível na versão digital com valor acessível. 

Com a experiência de quem sente na pele a realidade das periferias da Região Metropolitana do Recife, o artista bebe da fonte de grandes autores como José Saramago, para descortinar a história de pessoas apontadas pela sociedade como "invisíveis". Levanta também a reflexão sobre diversas questões sociais. Don escancara temas sensíveis como a violência, a homofobia, a injustiça social, a desigualdade, o racismo e abuso sexual. 

Don Marcos, autor do livro. Foto: Cortesia/WhatsApp
Don Marcos, autor do livro. Foto: Cortesia/WhatsApp

Marcos Paulo Barbosa de Alencar, o Don Marcos, nasceu em 29 de setembro de 1990 na comunidade da Campina do Barreto. Começou a escrever desde os 11 anos de idade quando elaborava micro-histórias sobre personagens do cotidiano. Ele é estudante de Licenciatura em Artes Visuais com ênfase em Digitais pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Nesta obra, o artista bebe da fonte  de grandes autores. Além de José Saramago, por quem tem imensa admiração, transitam entre o repertório os escritores Graciliano Ramos, Ernest Hemingway, Fiódor Dostoievski, Vladimir Nabokov, David Simon e Aaron Sorkin. 

A obra faz com que o leitor mergulhe na dura história de quatro personagens discriminados no cotidiano pelos que defendem a "moral e os bons costumes", como por exemplo, uma travesti. Tratam-se de noveletas que escancaram as situações vividas por pessoas comuns, sem a ilusão do final feliz vivido nos contos de fadas shakespearianos. Apesar da ficção em sua totalidade, as histórias estão presentes em boa parte dos noticiários sensacionalistas, quando a atenção é direcionada às comunidades em vulnerabilidade social. O livro está disponível nas plataformas digitais. Para ter acesso a obra, basta clicar neste link

Serviço 
Livro 'Marginal' de Don Marcos 
Classificação indicativa: 18 anos 
Link: download
 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.