hollywood Weinstein é acusado de agredir sexualmente jovem de 16 anos A mulher afirma que foi convidada para almoçar com o produtor, mas 'no lugar de o motorista seguir para um restaurante, nos deixou no apartamento de Weinstein no Soho'

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 01/11/2018 08:38 Atualizado em:

Foto: LOIC VENANCE / AFP
Foto: LOIC VENANCE / AFP
O ex-produtor de Hollywood Harvey Weinstein foi acusado de agredir sexualmente uma jovem de 16 anos em uma ação coletiva atualizada apresentada nesta quarta-feira a um tribunal de Nova York.

A demandante, identificada anonimamente como "Jane Doe", se disse cidadã e residente na Polônia, e informou ter conhecido Weinstein quando tinha 16 anos, em um evento com sua agência de modelos em Nova York no ano de 2002.

A mulher afirma que foi convidada para almoçar com o produtor, mas "no lugar de o motorista seguir para um restaurante, nos deixou no apartamento de Weinstein no Soho", onde ele passou a exigir que fizesse sexo de forma "agressiva e ameaçadora". A denunciante alega que Weinstein a obrigou a tocar seu órgão genital enquanto ele tentava persuadi-la fazer sexo sob a promessa de alavancar sua carreira de modelo.

Segundo a mulher, Weinstein manteve o assédio durante quase uma década, até 2011, o que prejudicou sua saúde mental e física. Weinstein negou a acusação através de seu advogado Ben Brafman, que qualificou a afirmação de "absurda" à revista Variety. "Como outras muitas mulheres que foram expostas como mentirosas, esta última acusação (...) será confirmada claramente como falsa".

O outrora poderoso produtor, que caiu em desgraça após ser acusado de abuso ou assédio sexual por mais de 80 mulheres, é alvo de uma séries de processos, incluindo na justiça criminal, e pode passar o resto da vida na prisão ser for declarado culpado.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.