Cinema Festival pernambucano recebe premiação internacional e menção especial em concurso Projeto VerOuvindo foi o único brasileiro premiado e será apresentando durante encontro no Uruguai

Publicado em: 22/10/2018 14:38 Atualizado em: 22/10/2018 15:12

Festival promove sessões acessíveis e espaços formativos desde 2014 no Recife. Foto: Manuela Salazar/Divulgação
Festival promove sessões acessíveis e espaços formativos desde 2014 no Recife. Foto: Manuela Salazar/Divulgação

O Festival VerOuvindo de Filmes com Acessibilidade Comunicacional do Recife foi um dos dois vencedores do I Concurso de Boas Práticas da Sociedade Civil do Mercosul em Acessibilidade Audiovisual. O projeto foi o único vencedor do Brasil do concurso internacional, que premiará também o Festival Internacional de Cine Sordo (FICSor), da Argentina. Os dois foram escolhidos entre várias experiências de acessibilidade no audiovisual de todo o Mercosul. A premiação oficial vai ocorrer em cerimônia nesta quinta-feira, 25 de outubro, na cidade de Montevideo, no Uruguai, durante o I Encuentro en Accessibilidad Audiovisual del Mercosur. 

O concurso é promovido pela Reunião Especializada de Autoridades Cinematográficas e Audiovisuais do Mercosul (Recam), e visa conhecer, premiar e difundir experiências bem-sucedidas de acessibilidade no audiovisual no contexto local, que possam se transformar em referências de ideias e experiências aplicáveis em âmbito regional. Os vencedores vão receber US$ 1 mil, além do convite para apresentar o projeto durante o encontro, menção especial e publicação das experiências no portal da Recam.

O VerOuvindo foi criado em 2014 para ressaltar as práticas acessíveis no audiovisual brasileiro. O festival é o único do país a realizar uma Mostra Competitiva voltada para filmes com audiodescrição, ou seja, premiando profissionais e equipes que produzem esse tipo de acessibilidade. Além da premiação em dinheiro, essa é uma forma de criar critérios para a realização de audiodescrição nos vários gêneros cinematográficos, algo ainda em construção no país.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.