música Ed Motta completa 30 anos de carreira com quarto álbum em inglês Em Criterion of Senses, cantor toca instrumentos em todas as faixas

Por: Adriana Izel - Correio Web

Publicado em: 22/10/2018 12:21 Atualizado em: 22/10/2018 09:27

Criado e crescido ao som de jazz, blues, soul e funk, o artista resolveu incorporar os estilos em sua sonoridade. Foto: Stefano Martini/Divulgação
Criado e crescido ao som de jazz, blues, soul e funk, o artista resolveu incorporar os estilos em sua sonoridade. Foto: Stefano Martini/Divulgação


Sobrinho de Tim Maia, a música apareceu cedo na vida do cantor e compositor Ed Motta que, aos 17 anos, lançou o primeiro disco, o álbum Ed Motta & Conexão Japeri. Naquela época, o artista mostrava a influência que a música internacional viria a ter na carreira, que completa 30 anos em 2018. Criado e crescido ao som de jazz, blues, soul e funk, o artista resolveu incorporar os estilos em sua sonoridade, seja nas letras em português seja nas composições em inglês.

“Sonoramente o inglês é coerente com minhas referências musicais desde menino. Meu disco de estreia abria com a frase: “Gostava de música americana ia pro baile dançar todo fim de semana”. Dançar no baile foi ficção (risos), mas escutar música norte-americana sempre foi minha escola”, conta Ed Motta.

Até por isso, o mais recente álbum Criterion of the senses, que foi lançado neste mês, é naturalmente formado por oito composições escritas e cantadas na língua inglesa. “Desde Chapter 9, meu disco de 2008, somo, com esse novo, quatro discos gravados inteiramente em inglês. É idiomaticamente legítimo que eu possa fazer isso”, completa.

Bastante elogiado pela crítica internacional e nacional, Criterion of the senses marca uma boa fase na carreira de Ed Motta, que há alguns anos chamou atenção na internet ao criticar o gosto musical do público brasileiro. O grande destaque em torno do álbum é o fato de ser um disco que mostra todas as influências de Motta, além de todo o potencial do multiartista que, além de interpretar e compor, é um musicista excelente.

“Sempre tento ser fiel ao que a música que tenho em mãos pede como tratamento. São 30 anos de carreira esse ano. Eu tento aperfeiçoar minha arte diariamente, seja em conceito, seja tecnicamente”, explica. Sobre os 30 anos de carreira, Ed Motta diz apenas que está de olho no futuro: “Meu desejo é continuar e ter dignidade de sobreviver da música que acredito esses anos todos”.

Processo
Além dos vocais, Ed Motta participa em todas as faixas também tocando algum instrumento, entre eles, piano, guitarra e percussão, o que ele diz ser importante para colocar o seu estilo nas canções. “Venho produzindo meus discos com dedicação imensa desde meus 15, 16 anos no (grupo) Conexão Japeri. Meus discos estão sempre cheios de grandes músicos, com muito mais destreza e habilidade do que eu, minha participação é para imprimir o estilo, o cacoete de quem criou, compôs, arranjou as músicas”, afirma.

Criterion of the senses levou um ano para ser produzido. Isso porque Ed Motta faz questão de desenvolver todas as músicas e os arranjos no estúdio, que ele classifica como seu “oásis de criação”. Apesar de o último ano ter sido dedicado à gravação, as oito músicas do álbum já estavam sendo compostas por Motta ultimamente em seu piano.

No disco, três músicas contam com a participação de Alma Thomas, cantora que ficou conhecida no Brasil por integrar o elenco do The voice Brasil. São elas: Your satisfaction is mine, X1 in test e Novice never notice. “Nos conhecíamos pela internet somente. Sempre fui admirador da voz e da musicalidade precisa e sofisticada da Alma. Outra cantora fenomenal que participa do disco é Cidália Castro (na música The tiki’s broken there), experiente na área de musicais e uma enciclopédia de música AOR (album-oriented rock, formato de rádio criado nos EUA com foco em faixas de álbuns de artistas do rock)”, revela Ed Motta sobre as participações no álbum.

Turnê
A boa aceitação do disco com o público garantiu para Ed Motta uma turnê na Europa iniciada sexta-feira passada pela cidade de Munique, na Alemanha, com passagem por outros locais da Alemanha e ainda da Suécia e da França, que vai até novembro. Datas no Brasil ainda não estão confirmadas, mas o artista pretende passar pelo país. “Dos discos que gravei recentemente esse é o que está tendo a melhor aceitação de público, eu vou fazer esse show no Brasil com certeza”, anuncia.

Além de ter sido lançado em versão digital, Criterion of the senses ganhou uma versão em vinil, que foi lançada nos Estados Unidos e que para o público brasileiro pode ser adquirida pela internet: “Em versão importada, hoje a internet facilitou isso”.

Criterion of the senses, de Ed Motta. Membran, 8 faixas. Disponível nas plataformas digitais. Foto: Reprodução
Criterion of the senses, de Ed Motta. Membran, 8 faixas. Disponível nas plataformas digitais. Foto: Reprodução


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.