CURTAS-METRAGENS Novos cineastas apresentam produção audiovisual no Centro Cultural dos Correios Ao todo, serão exibidos 290 filmes produzidos por estudantes e professores que vão competir em três categorias com temática livre

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 22/10/2018 10:48 Atualizado em: 22/10/2018 09:28

Estudantes aprenderam técnicas cinematográficas. Foto: Daniel Tavares/PCR/Divulgação
Estudantes aprenderam técnicas cinematográficas. Foto: Daniel Tavares/PCR/Divulgação

Depois de aprender as noções do universo audiovisual, os alunos da rede municipal de ensino colocaram a mão na massa e vão apresentar seus curtas-metragens na segunda edição do Encontro Municipal de Audiovisual na Educação (EMCINE), segunda (22) e terça-feira (23), no Centro Cultural dos Correios.

Além das exibições, o evento terá atividades como palestras, exposição de fotografias e elementos da cultura geek, como desafios de HQ e Hip Hop, cosplay, K-Pop, campeonato de karaokê e oficinas de dublê e fotografia. A entrada é gratuita, mas é necessário se inscrever no site

Os convidados especiais da programação são Clayton Sangregório, dublador de séries como Cavaleiros do Zodíaco e The walking dead, Bruno Sangregório, que dá a voz a personagens dos seriados Game of thrones e The walking dead, e Andressa Bodê, dubladora que atuou em produções como Girls e Doctor Who. Outro destaque é a presença do dublê de cena especialista em kung fu e coreografia de lutas, Gutemberg Lins, que dará uma palestra sobre a profissão e vai ministrar workshop sobre técnicas de luta. A grade ainda inclui a apresentação do monólogo Na beira, criado e protagonizado pelo professor Plínio Maciel. 

Ao todo, serão exibidos 290 filmes produzidos por estudantes e professores que vão competir em três categorias com temática livre. “Em sala de aula foram trabalhadas várias noções de roteiro, edição, fotografia e exibições de filmes no projeto Hora do Cinema", explica o coordenador geral do evento, Kylson Estellfran. Participam do projeto mais de cem escolas públicas.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.