Ação Artistas doam cachê em prol do movimento LGBT e da Parada da Diversidade de Olinda O grupo irá promover uma festa neste sábado (22), em Águas Compridas, com a presença de grandes nomes do brega local

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 21/09/2018 00:56 Atualizado em:

A Parada da Diversidade de Olinda está marcada para o dia 30 de setembro (domingo), com concentração ao meio-dia, em frente à Caixa Econômica do Bairro Novo, na Av. Getúlio Vargas. Foto: Divulgação
A Parada da Diversidade de Olinda está marcada para o dia 30 de setembro (domingo), com concentração ao meio-dia, em frente à Caixa Econômica do Bairro Novo, na Av. Getúlio Vargas. Foto: Divulgação
A cantora Dany Myler, os MCs Lipe Play, Pedrinho do Recife, e outros oito nomes do brega, estão dando a maior força para o movimento LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) de Olinda neste fim de semana. A cidade histórica vai ganhar sua segunda edição da Parada da Diversidade no próximo domingo (30 de setembro). O problema é que a organização do evento, realizado pelo coletivo Ser O Que Somos, ainda precisa arrecadar mais dinheiro para conseguir colocar os trios na avenida. Por isso, o grupo vai promover uma festa neste sábado (22), em Águas Compridas, com a presença de grandes nomes do brega local. O evento será gratuito para o público e todos os artistas abriram mão do cachê para se unir a causa. O dinheiro extra deve ser arrecadado com a venda de bebidas e comida.

Um dos galãs do movimento brega-funk, Lipe Play vai puxar neste sábado mais um pelotão de MCs. Responsável pelo sucesso Amo As Cadelas (um dos bregas mais executados do ano passado), ele vai dividir o palco com nomes como Pedrinho do Recife, MC Caso, Tatá do Recife, Will, Sheik, Juninho Brasil, MC Rafa, Ninho Play e Vitinho Polêmico. Querido pela comunidade LGBT, principalmente depois de incluir bailarinas trans em seus projetos, Lipe esteve recentemente em ações do Dia Mundial de Combate à Homofobia, juntamente com os amigos Sheik e Juninho Brasil, no Clube Metrópole. "Preconceito e homofobia não estão com nada. O brega é cultura, é arte e respeito. Levantamos essa bola contra a violência", comentou o MC.

Uma das líderes do grupo Amigas do Brega e nome à frente da saudosa Banda Lolyta, Dany Myler tem longa história de apoio à causa LGBT no estado. Sempre foi um nome frequente nas principais boates voltadas a esse público no estado, além de defender os direitos humanos em todos os seus shows. Ela foi presença marcante Parada da Diversidade de Pernambuco, no domingo passado, na Avenida Boa Viagem, quando cantou o seu maior sucesso: Thynara. No palco da Caravana Ser o Que Somos, ela deve puxar mais sucessos do brega melody, como Eu Quero Dançar e Faraó. "A gente tem que fazer esse enfrentamento contra a violência. O Brasil é o país que mais mata LGBTs no mundo. E eventos como as Paradas são importantes para essa comunidade cobrar seus direitos", defende Dany.

A Parada da Diversidade de Olinda está marcada para o dia 30 de setembro (domingo), com concentração ao meio-dia, em frente à Caixa Econômica do Bairro Novo, na Av. Getúlio Vargas. Entre as atrações confirmadas, está a Banda Sedutora.

SERVIÇO
Caravana "Ser O Que Somos" 
Atrações: Dany Myler, Lipe Play, Pedrinho do Recife, MC Caso, Tatá do Recife, Will, Sheik, Juninho Brasil, MC Rafa, Ninho Play e Vitinho Polêmico.  
Quando: Sábado (22/09), a partir das 18h 
Local: Córrego da Bondade (em frente ao Bar do Will), em Águas Compridas, Olinda
Quanto: Gratuito
Informações: (81) 98492-8610 e 98426-6133.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.