Música Fãs ameaçam boicote a Anitta por falta de posicionamento político Cantora se defendeu: 'É um direito meu não querer opinar sobre política e eu só estou exercendo esse direito. Não quero ser obrigada a odiar ninguém por isso'

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 19/09/2018 19:43 Atualizado em:

A cantora também acrescentou que está sendo vítima de cyberbullying. Foto: Instagram/Reprodução
A cantora também acrescentou que está sendo vítima de cyberbullying. Foto: Instagram/Reprodução

Fã de Anitta da comunidade LGBTI+ estão revoltados com a postura imparcial da cantora diante da política nacional. Após ser ameaçada de boicote caso não se posicione contra o candidato à presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, a popstar vem sendo bombardeada por duras críticas no Twitter. A hashtag #AnittaIsOverParty ficou em primeiro nos trending topics durante praticamente toda a tarde desta quarta-feira (19). 

No início da tarde desta quarta-feira, foi revelado o fato de que a popstar estava seguindo a conta de uma mulher no Instagram que é apoiadora do Bolsonaro, o que causou indignação por parte dos fãs. Entretanto, a carioca explicou que o perfil pró-Bolsonaro pertence a uma amiga e que nada a fará deixar ter amigos "de esquerda ou de direita".

Ela ainda afirmou que "não apoia e nem quer fazer campanha para nenhum político". "É um direito meu não querer opinar sobre política e eu só estou exercendo esse direito. Não quero ser obrigada a odiar ninguém por isso. Não quero ser obrigada a fazer campanha política quando não foi esse o trabalho que escolhi. É totalmente incoerente dizer que eu apoio a morte à comunidade LGBTQ quando eu faço parte dela. Estaria apoiando minha própria morte. O que eu acho que eu possa fazer para apoiar as comunidades que eu defendo e/ou faço parte, que realmente acredite tenha capacidade de mudar em algo eu faço", diz a série de publicações no Twitter.

A cantora também acrescentou que está sendo vítima de cyberbullying. "Hoje, eu comecei a ser atacada, xingada e ameaçada porque eu segui uma amiga que expôs publicamente sua intenção de voto. Eu a conheço há mais de sete anos e não gostaria de para de falar com ela por conta de sua posição política. Venho aqui pedir mais amor."

Flávio Bolsonaro, filho do canditado Jair Bolsonaro, gravou um vídeo prestando apoio à cantora, em comenta que há uma perseguição covarde sobre artistas que se posicionam publicamente a favor do pai. "Não sei qual é a posição politico partidária dela. Parem de ficar patrulhando a vida dos outros", diz.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.