Streaming Live-action Avatar: A Lenda de Aang é a nova aposta da Netflix Produção terá início em 2019 e será uma parceria entre o serviço de streaming e a Nickelodeon

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 19/09/2018 09:18 Atualizado em:

Animação acompanha as aventuras do protagonista Aang e seus amigos, que juntos precisam derrotar o senhor do fogo Ozai (foto: Nickelodeon/Divulgação)
Animação acompanha as aventuras do protagonista Aang e seus amigos, que juntos precisam derrotar o senhor do fogo Ozai (foto: Nickelodeon/Divulgação)

A Netflix anunciou, nesta terça-feira (18), que vai produzir uma versão live-action de Avatar: A lenda Aang, em parceria com o canal Nickelodeon. 

Os trabalhos estão previstos para começar no início de 2019 com colaboração dos criadores do desenho, Michael DiMartino e Bryan Konietzko, que servirão como showrunners e produtores-executivos.

Em nota enviada para a imprensa, os criadores de Avatar: a lenda de Aang, falaram da expectativa sobre o live-action. "Ter a chance de comandar essa versão live-action de Avatar: A lenda de Aang é uma grande emoção para nós. Não vemos a hora de recriar o mundo de Aang da forma cinematográfica como sempre o imaginamos, e com um elenco culturalmente apropriado, não branco", explicaram Bryan Konietzko e Michael DiMartino em nota oficial.

Melissa Cobb, vice-presidente de conteúdo infantil da Netflix, também comentou sobre o novo projeto da plataforma de streaming. "Nós vamos honrar a visão de Bryan e Mike para esta adaptação. É um grande prazer poder ajudá-los a realizar um live-action da série e apresentar o mundo épico de Aang e toda a sua magia elemental à audiência global da Netflix", disse. 

Com três temporadas, a série da Nickelodeon Avatar: A lenda de Aang se tornou uma das animações mais adoradas da história. Além do sucesso nas telas, o título deu origem a uma bem-sucedida HQ e a uma série de graphic novels que continua publicando novas histórias originais. A graphic novel Avatar: The last airbender ficou 70 semanas na lista de graphic novels best-sellers do The New York Times, chegando à primeira posição.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.