Exposição Poeta visual carioca estreia primeira exposição individual no Recife A mostra Autopose, de Alexandre Dacosta, vai ocupar todos os andares do Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães

Publicado em: 18/09/2018 19:40 Atualizado em: 18/09/2018 19:20

Foto: Mauricio Wanderley
Foto: Mauricio Wanderley


O artista visual, cineasta, compositor, músico, ator e poeta Alexandre Dacosta estreia a primeira individual no Recife. A mostra Autopoese, que reúne objetos, cores, palavras e signos produzidos ao longo dos últimos 18 anos de trabalho do artista carioca e estará aberta para visitação a partir desta quinta-feira (20), no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (MAMAM). A curadoria é de Joana D’Arc. 

A exposição vai ocupar todos os andares do museu e retrada a linguagem poética-visual, além de contar com vasto acervo que transita entre o poema-objeto, a poesia gráfica e o vídeo. Ao todo são 12 vídeos poéticos-experimentais de curta duração, que serão exibidos numa das salas do museu, e mais 60 obras tridimensionais, como a Rãdiografia, o raio-x de uma rã, exposto sobre uma caixa de luz, onde se lê o poema: "a rã coaxa ao rés do brejo parco/acha que chá de sumiço é mergulho no charco". Também compõe a exposição o Atrorretrato, um porta-retrato digital, com 16 fotos do artista, tiradas em várias épocas, que se sucedem, entre versos, formando um poema-confissão: !se meu atro dentro incomoda/a sombra do outro me acomoda".

Autopoese também conta com poesias gráficas, ampliadas em chapas de PVC, com textos inseridos em diagramas, fluxogramas e padrões diversos, desenhados por aparelhos eletrônicos, bem como placas antigas de preço com letras aplicadas, utilizadas em padarias e botequins. Usando um tablet, o público poderá também acessar o E-Book Autopoese, lançado pela editora Lacre em 2018, e o álbum Antimatéria, com 13 canções do artista, lançado no ano passado. Também estarão disponíveis fragmentos da Rádio Varejo, mantida pelo artista, e vídeos de arte sonora, que Dacosta está gravando desde 2016, totalizando já duas horas ininterruptas de áudio-poemas, canções, textos e sons experimentais.

SERVIÇO
Exposição Autopoese, de Alexandre Dacosta
Quando: 20 de setembro a 25 de novembro
Horário: Das 12h às 18h, de terça a sexta, e das 13h às 17h, aos sábados e domingos
Onde: Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (MAMAM), na Rua da Aurora, 265, Boa Vista
Gratuita

Foto: Mauricio Wanderley
Foto: Mauricio Wanderley


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.