arte Recife recebe Festival Internacional Cartonera Com foco na edição artesanal, o festival acontece até o dia 23 de setembro em cinco cidades do país, quatro delas pernambucanas

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 18/09/2018 16:57 Atualizado em: 18/09/2018 17:18

O evento busca promover um intercâmbio de idéias e trabalhos. Foto: Flávia Benevides
O evento busca promover um intercâmbio de idéias e trabalhos. Foto: Flávia Benevides

Com o objetivo de ampliar o diálogo sobre os modos de produção, publicação cartoneros e sobre os pilares que fundamentam o movimento, a produtora Nós Pós, realiza até o dia 23 de setembro, nas cidades de Lagoa dos Gatos, Recife, Garanhuns, Goiana e São Paulo, o Festival Internacional Cartonera. Com foco na edição artesanal, o evento busca promover um intercâmbio de idéias e trabalhos, além de agregar valores estéticos, éticos, políticos, econômicos e conceituais. 

A iniciativa é uma parceria da Nós Pós com o Funcultura e abrange dezessete espaços culturais e educacionais do país, nas regiões Nordeste e Sudeste. Cercada por debates, oficinas e exposições de obras produzidas por artesãos, a ação chega à capital pernambucana nesta terça-feira (18), com atividades nos bairros de Santo Amaro, Boa Vista, São José, Cordeiro e no Recife Antigo. 

Entre os participantes do encontro estão o argentino Washington Cucurto, iniciador do movimento, a escritora e editora cubana Idália Morejón Arnaiz, a chilena Olga Sotomayor, o escritor Sidney Rocha entre outros nomes. O festival vai contar também com trabalhos dos curadores Alexandre Melo, Hudson Wlamir e ainda mais de 30 convidados. Mais informaçoes no site: www.nospos.com.br. 

Confira a programação
 
Recife e Olinda

Quinta-feira, 20 de setembro 


PALESTRA com EDMÁRIO JOBAT (Igarassu, PE)
Tema: Cartonerismo, acessibilidade e inclusão social
15h às 16h | Biblioteca Multicultural Nascedouro (Av. Jardim Brasília, s/n, Peixinhos | Olinda, PE)
Formato acessibilidade: rampa, corrimão, libras

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS com ROMA JULIA (Recife, PE)
Título: Histórias do meu povo
15h30 às 16h30 | Biblioteca Popular do Coque (Rua Centenário do Sul, 70, São José | Recife, PE)
Formato acessibilidade: libras

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS com KEMLA BAPTISTA (PE/RJ)
Título: Causos do Lado de Lá
15h30 às 16h30 | Compaz Ariano Suassuna (Av. Eng. Abdias de Carvalho, s/n, Cordeiro | Recife, PE)
Formato acessibilidade: rampa, corrimão, libras

Sexta-feira, 21 de setembro

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS com SUSANA MORAIS e TIO DIEGO (Recife, PE)
Título: Histórias clássicas em cordel
15h30 às 16h30 | Biblioteca Pública Estadual (R. João Líra, s/n, Santo Amaro | Recife, PE)
Formato acessibilidade: rampa, corrimão, libras

Abertura oficial

CONVERSA com ANNA NOVA (PE/MG) e LÚCIA ROSA (SP)
Tema: Cartonerismo e as novas soluções editoriais
Mediação: PATRICIA CRUZ LIMA (Recife, PE)
19h30 às 20h30 | Edifício Texas  (Rua Rosário da Boa Vista, 163, Boa Vista | Recife, PE)
Formato acessibilidade: rampa, corrimão, libras

PALESTRA com WASHINGTON CUCURTO (ARG)
Tema: Origens do Movimento Cartonero
Mediação: DIOGO GUEDES (Recife, PE)
20h40 às 21h40 | Edifício Texas  (Rua Rosário da Boa Vista, 163, Boa Vista | Recife, PE)
Formato acessibilidade: rampa, corrimão, libras, tradução simultânea

Sábado, 22 de setembro 

LANÇAMENTO dos livros: “Morfologia da dor” de JULIA LARRÉ (Recife, PE) e “Fragmentos da não-existência” de ANA NEPÔ (DF)
CONVERSA com autoras
Mediação: CAROLINA MORAIS (Recife, PE)
15h às 15h50 | Terraço do Paço Alfândega | (Rua da Alfândega, 35, Recife Antigo | Recife, PE)
Formato acessibilidade: rampa, corrimão, elevador

CONVERSA com WILIAM TENÓRIO (Afogados da Ingazeira, PE) e FRED CAJU (Recife, PE)
Tema: Publicações independentes e as novas soluções editoriais e mercadológicas
Mediação: PHILIPPE WOLLNEY (Goiana, PE)
16h às 16h50 | Terraço do Paço Alfândega | (Rua da Alfândega, 35, Recife Antigo | Recife, PE)
Formato acessibilidade: rampa, corrimão, elevador, libras

CONVERSA com OLGA SOTOMAYOR (CHI) e ALICIA CUERVA (FRA)
Tema: Movimento Cartonero como negócio na América Latina?
Mediação: EDMÁRIO JOBAT (Igarassu, PE)
17h às 17h50 | Terraço do Paço Alfândega | (Rua da Alfândega, 35, Recife Antigo | Recife, PE)
Formato acessibilidade: rampa, corrimão, elevador, libras, tradução simultânea

CONVERSA com SIDNEY ROCHA (CE/PE) e BRUNO LIBERAL (Petrolina, PE)
Tema: O que pensam os autores que publicaram nesse formato?
Mediação: DIOGO GUEDES (Recife, PE)
18h às 18h50 | Terraço do Paço Alfândega | (Rua da Alfândega, 35, Recife Antigo | Recife, PE)
Formato acessibilidade: rampa, corrimão, elevador, libras

SHOW com VIRGULADOS (Belo Jardim, PE)
19h30 às 20h45 | Hall do Paço Alfândega | (Rua da Alfândega, 35, Recife Antigo | Recife, PE)
Formato acessibilidade: rampa, corrimão

Domingo, 23 de setembro 

LANÇAMENTO Antologia NÓS CARTONERA PHILIPPE WOLLNEY (Goiana, PE), editor da Antologia Nós Cartonera, fala sobre o processo de editoração do livro
15h às 15h40 | Terraço do Paço Alfândega (Rua da Alfândega, 35, Recife Antigo | Recife, PE)
Formato acessibilidade: rampa, corrimão, elevador, libras

CONVERSA com IDÁLIA MOREJÓN ARNAIZ (CUB/BRA) e PHILIPPE WOLLNEY (Goiana, PE)
Tema: A dinâmica das editoras no envolvimento comunitário e a relação com a cidade
Mediação: PATRÍCIA VASCONCELOS (Lagoa dos Gatos, PE)
16h às 16h50 | Terraço do Paço Alfândega (Rua da Alfândega, 35, Recife Antigo | Recife, PE)
Formato acessibilidade: rampa, corrimão, elevador, libras

CONVERSA com OLGA SOTOMAYOR (CHI) e WASHINGTON CUCURTO (ARG)
Tema: Gestão de editorial cartonero, dá pra viver do papelão?
Mediação: EDMÁRIO JOBAT (Igarassu, PE)
17h às 17h50 | Terraço do Paço Alfândega (Rua da Alfândega, 35, Recife Antigo | Recife, PE)
Formato acessibilidade: rampa, corrimão, elevador, libras, tradução simultânea

SHOW Projeto CARROSSEL DE CANÇÕES apresenta PC SILVA (Serra Talhada, PE) e JULIANO HOLANDA (Recife, PE)
18h às 19h30 | Hall do Paço Alfândega (Rua da Alfândega, 35, Recife Antigo | Recife, PE)
Formato acessibilidade: rampa, corrimão
 
 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.