Teatro Janeiro de Grandes Espetáculos divulga montagens pernambucanas da 25ª edição A programação será realizada entre os dias 8 e 31 de janeiro de 2019

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 17/09/2018 09:50 Atualizado em:

Paulo de Castro, presidente da APACEPE. Foto: Wellington Dantas;Divulgação
Paulo de Castro, presidente da APACEPE. Foto: Wellington Dantas;Divulgação

O Festival Internacional de Artes Cênicas e Música de Pernambuco – Janeiro de Grandes Espetáculos, um dos eventos mais longevos do calendário cultural do estado, anunciou as montagens pernambucanas selecionadas para sua 25ª edição. A programação será realizada entre os dias 8 e 31 de janeiro de 2019. Locais, preços e homenageados ainda serão divulgados.

A Apacepe (Associação dos Produtores de Artes Cênicas de Pernambuco), realizadora do evento, recebeu 45 projetos de Teatro Adulto, 8 propostas para o segmento de Teatro Para Infância e Juventude, e 13 inscrições em Dança. Os espetáculos de Teatro Adulto foram selecionados por André Filho, Breno Fittipaldi e Paulo Mechelotto. 

Albemar Araújo, Fátima Aguiar e Manoel Constantino formaram a comissão julgadora para Infância e Juventude; e as montagens de Dança tiveram como curadores Bárbara Aguiar, Cláudia São Bento e Mika Silva. O resultado da categoria Música, que recebeu 29 inscrições, será divulgado posteriormente, assim como o calendário completo do festival, com o anúncio dos espetáculos convidados que integrarão a programação.

Confira a lista:

Teatro Adulto
1. Ligações Perigosas – Grupo Teatro de Fronteira (Recife)
2. Terrorismo – Cênicas Cia. De Repertório (Recife)
3. O Diário de Um Louco – Haja Teatro Pedro Roberto Santos (Recife)
4. Geni – Bernache Cia. De Teatro (Recife)
5. 3 x Plínio – Núcleo de Teatro do SESC Petrolina (Petrolina)
6. O Peru do Cão Roxo – Centro de Criação Galpão das Artes (Recife)
7.  Shakesfood – Caco Cia. De Artes Cínicas com Objetos (Paulista)

Teatro Para Infância e Juventude
1. Estelita, Entre Fadas e Outros Bichos – Trup Errante (Petrolina)
2. Cantigas e Histórias Na Terra do Sabiá ou o Que é Meu é Meu, e o Boi Não Lambe – Cia Artística Mamulengos e Catrevagens (Recife)
3. Violetas da Aurora, O Encontro – Coletivo de Palhaçaria Violetas da Aurora (Recife)
4. O Sapo Amarelo e o Triste Grilo Feliz – Parangolé Produções Culturais (Caruaru)

Dança
1. O Tempo – Compassos Cia. De Danças (Recife)
2. Desencaixe – Coletivo Mosaico de Artes Integradas (Recife)
3. Entre Passos e Sombrinhas – Stúdio Viegas de Dança (Recife)
4. Bumba Meu Boi Bumbá – Grupo Matulão de Dança (Recife)


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.