Teatro Espetáculo circense da Turma da Mônica tem quatro sessões no Recife Maior espetáculo já feito pela Mauricio de Sousa Produções conta com a participação especial de Dedé Santana

Por: Emannuel Bento - Diario de Pernambuco

Publicado em: 15/09/2018 17:01 Atualizado em: 15/09/2018 16:51

 O palhaço Rodrigo Robleño, que já trabalhou no Cirque Du Soleil, reforça o tom circense da obra. Foto: Caio Gallucci/Divulgação
O palhaço Rodrigo Robleño, que já trabalhou no Cirque Du Soleil, reforça o tom circense da obra. Foto: Caio Gallucci/Divulgação

A magia do universo criado por Mauricio de Sousa ganha um novo episódio teatral no Circo Turma da Mônica - O primeiro circo do novo mundo, que chega ao Recife neste fim de semana com quatro sessões no Teatro RioMar, Zona Sul da capital. Trata-se do maior espetáculo feito pela Mauricio de Sousa Produções, com 20 personagens em cena, 90 figurinos, cenários em LED e dez toneladas de cenografia. Além dos clássicos personagens dos gibis, a montagem conta com uma surpresa para os fãs dos Trapalhões: o mestre de cerimônia é Dedé Santana. O palhaço Rodrigo Robleño, que já trabalhou no Cirque Du Soleil, reforça o tom circense da obra.  

Com supervisão geral do criador da marca, o enredo traz os clássicos personagens tentando resgatar a esperança do mundo através da magia do circo. “Todo mundo vai ver aquilo que se espera de um espetáculo da Turma da Mônica: Magali vai estar com fome, o Cebolinha vai querer pegar o Sansão, o Cascão terá medo da água, mas tudo isso dentro desse contexto que trata da extinção da imaginação. O circo foi extinto e toda a turma se junta com o Dedé para recuperar isso”, diz o produtor e diretor Mauro Sousa, líder da Mauricio de Sousa Ao Vivo, braço responsável por transformar as histórias em quadrinhos em experiências lúdicas, educativas e culturais.

“A experiência em comandar o espetáculo tem sido incrível, com sucesso de público e crítica. Nossa expectativa é que no Recife seja igual. É uma honra e uma grande responsabilidade trocar experiências e dirigir pessoas como Dedé Santana e Rodrigo Robleño, além de um grande time de elenco e bailarinos”, continua Mauro. Ele explica que o pai, Mauricio de Sousa, procura estar presente em tudo. “Ele não consegue ser onipresente, mas supervisiona e direciona quando julga necessário, mas também me dá muita liberdade. Ele confia bastante”.

Mauro denomina a participação de Dedé como um "revival". "Essa é a segunda vez que ele trabalha com a Mauricio de Sousa. A primeira foi na década de 1980, no filme No rabo do cometa, agora voltou e foi um casamento perfeito. Ele é talentoso, engraçado e casa com essa coisa afetiva que existe na Turma da Mônica, conseguimos atrair pessoas de diversas gerações. É uma peça para a família toda", conclui.

SERVIÇO
Circo Turma da Mônica - O Primeiro Circo do Novo Mundo
Onde: Teatro RioMar (Avenida República do Líbano, 251, 4º piso)
Quando: sábado, às 17h e 20h, e domingo, às 11h e 16h.
Quanto: R$ 140 (plateia premium), R$ 120 (plateia baixa lateral), R$ 100 (plateia alta), R$ 50 (balcão nobre), todas opções contam com meia-entrada. Ingressos à venda na bilheteria.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.